sexta-feira, abril 04, 2008

Plebe 2008

Hoje, oficialmente, começamos a establecer as fundações do que virá a ser o novo trabalho da Plebe Rude. Fui para a casa do Philippe, onde ele me mostrou algumas idéias (muitas já bastante desenvolvidas) de músicas. De um total de seis, duas me deixaram bastante animado. São todas bem Plebe, guitarra a lá Philippe, bem trabalhada, batida tribal, baixo marcante. Continuarei a mantê-los informados.

18 comentários:

Anônimo disse...

Uma curiosidade: O Txotxa tem alguma música escrita, ou ele não é chegado nisso?

João disse...

Ô beleza.

Anônimo disse...

Cadê o Clemente!!!

Anônimo disse...

E quanto a agenda?
Pq tanta dificuldade em fazer shows?
O ERRE foi lançado a quase dois anos, cadê a turnê de lançamento?

abs,
GH

Anônimo disse...

quantas copias o erre ao contraro vendeu?

Botelho Pinto disse...

A Plebe p/uma banda sem gravadora até que saiu bem : descolou um selo bacana e teve uma tiragem legal , conseguiu uma mídia ( JÔ , entervistão do Philippe na Bizz ) e só não foi mais pq é baseada em BSB

Alex! disse...

Melhor notícia do ano até agora!!

Ana Kalliny disse...

QUE COISA BOA.........ESPERO AGORA MUITOS SHOWS E SHOWS E COMPOSIÇOES DE TODOS E PARCERIAS TIPO PHILIPPE E CLEMENTE, CLEMENTE E ANDRE....

Elizabete disse...

Muito bom saber disso agora é só na curiosidade de como são essas músicas.
beijos...

Jacaré disse...

Ótima notícia!!Mas como já mencionaram, cadê o Txotxa e o Clemente??

dg disse...

♪♫ ♪♫ ♪♫ ♪♫ ...

Gugu =] disse...

Otima notíííícia...
e desculpa a pergunta, mas eu pricurei no YouTube e no site da plebe e não achei...
Alguém passa o link de "O Que Se Faz" oficial??

Valeeeeeeu! =]

João disse...

Acho que um baterista é sempre um baterista, ou seja, fica longe da composições. E o Clemente tem os Inocentes. Assim, o trabalho vai ficar mesmo para a dupla André/Philippe, ao menos na moldura inicial das canções. Depois talvez os outros possam trazer suas contribuições.

Anônimo disse...

OTIMA NOTÍCIA ANDRÉ !!!!!!!!!!
MAS CHUVENDO NO MOLHADO...E O DVD DA PLEBE SAI OU NÃO? MERECEMOS UM REGISTRO DA BANDA AO VIVO
CARLOS RATO

Rick disse...

João

"Acho que um baterista é sempre um baterista, ou seja, fica longe da composições[...]"

Você já ouviu falar em Neil Peart?
Pois é, além de ser considerado o melhor baterista do mundo por alguns anos consecutivos, e se tornar inelegível, é o principal compositor do Rush.
Lembrando que o Rush tem músicas como 2112 de 21 minutos e 12 segundos.

Então a escrita não é particularidade de um instrumentista, e sim de quem tem a facilidade com as palavras, ou melhor facilidade em ordená-las.

Sobre a notícia realmente é animadora. É ótimo ver uma banda como a Plebe produzindo depois de tantos anos de estrada, e fazer músicas boas, sem tentar imitar o que eram antes, e sim mostrar evoluções.

O 2º cd é muito técnico se repararmos na firmeza do baixo, a batidas exatas da batera, guitarras flutuantes do Phillipe, os duos do Phillipe e Ameba é um trabalho divino, e depois vem a mistura com sons regionais um elemento vitorioso, visto que com a mesma idéia o Sepultura com álbum Roots agradou o mundo, com batidas tribais, vocalizações de índios e etc.

Sobre processo de produção de letras, acho que essa parte é mais para o o X e o Phillipe mesmo, sempre foram eles que escreveram, fizeram uma verdadeira linguagem Plebe Rudeana, eles são a essência da Plebe.

E André, o timbre do seu baixo no 2º cd era magnífico, um timbre cheio mais pro grave, dando um groove excelente com a batera, e eram grudentas, quer dizer, são linhas que não saem da cabeça como Bravo mundo novo, bem pós punk mesmo.

João disse...

Rick,
Já ouvi falar de Neil Peart e desde então sempre mantive distância da banda dele. Nâo gosto, como vc não gostará de algunss sons que eu aprecio. Mas quanto ao baterista ele é exceção excepcionalíssima. A regra é o baterista ficar longe das composições. Ringo Star, Keith Moon, Topper Headon, John Bonham etc, estão aí para comprovar isto. No meu campo de jogo, cito também uma exceção, Grant Hart, baterista do Husker Dü.

Anônimo disse...

Acho que se Txotxa e Clemente pode fazer sua composição, como Gujte fez na PLEBE.

Rick disse...

João

Não existem regras, existem uma não familiarização com as letras. Não é um instrumento que vai dizer se você pode ou não escrever.
Mas respeito sua opinião, só não á aceito.