quarta-feira, setembro 12, 2007

Pizza Podre e o Urubu Maranhense

A casa do povo está lacrada, nossos representantes escondidos, impedindo que os eleitores presenciem a sessão que decidirá como será o futuro político do Renan Calhorda, ops, digo, Calheiros. Desde Roma, quando foi criado, o Senado sempre votou às claras, mesmo se contra o interesse do povo. Imagino a imundice, as acusações, o palavreado, a falta de ética e outras tramóias que estejam escondendo da gente.

O Fernando Gabeira soltou uma frase ótima: nesta quarta-feira, quando o plenário do Senado votar pela cassação ou não do senador Renan Calheiros, vai haver uma morte. A morte política do próprio Renan, ou a morte política do Senado. Eu já pressinto que vai ser a segunda morte, a do Senado. Aliais, o deputado fluminense foi muito macho enfrentando a polícia do Senado, que a mando de seu presidente e réu do dia, tentou barrar a sua entrada. Gabeira entrou a socos.

Estou acompanhando tudo pelo blog do Noblat, graças à indicação do Txotxa. Lá ficamos sabendo que o Mercadante, sim aquele do PT, da esquerda, da ética, está pedindo votos pela absolvição do alagoano malandro. Passem o saquinho do vomito aí, porque vem pizza podre pra cima de nós!

Enquanto isso, o Senador, ex-presidente da república, José Sarney, age nos bastidores querendo o lugar do Renan. Típico representante detestável do que é pior em nossos políticos, o urubu do Maranhão só espera para ver para que lado o vento sopra para dar seu bote.

R ao Contrário! É disso que precisamos

22 comentários:

Anônimo disse...

Vergonhaaa, vergolhaaa, time sem vergolha!!!

Tenho vergonha de tudo, desse time de pilantras, do povo brasileiro, de ser BRASILEIRO, da nossa atitude, da falta de ética, de ser humano, brasileiro pobre e dependente dessa classe de safados.

Mais uma vez, um grande espetáculo, onde os otários assistem e aplaudem.

Horripilante! Podre! Revoltante!!!!

Tenho é dó!!!!

Do jeito que tá, melhor é ser GARÇON em Manhattam, afinal, tudo por dinheiro, e esse, é HONESTO, mesmo que estando ilegal.

Jairo disse...

Pior que eh verdade, anônimo.
Não foi nenhuma surpresa que isso iria acontecer. E o urubu tenta atacar novamente!
Enfim, tudo acabou em rodizio, como sempre.

Daniel disse...

O senado pode ter morrido, mas 46 senadores estão comemorando com champagne, ao lado de suas esculturais amantes, o resultado da votação.

Idelí Salvati e Aloísio Mercadante são os operadores da absolvição. São os maiores pizzaiolos do Senado. São as maiores vergonhas do Senado.

"Imagine uma eleição em que ninguém fosse eleito..."

Daniel Farinha - Plebe na pele

dunha disse...

andre x, vc definiu bem o filha da puta do sarney!

daniel, vc tem razão sobre o viado do mercadante e a putinha da ideli salvati!

kiloton disse...

Tenho muita coisa a dizer, vou tentar ser breve.

Eu diria que Sarney é um urubu fossilizado que, há quase 40 anos, sobreavôa o continuismo da ditadura, com seus velhos esquemas politicos de mamatas, para amigos e parentes (licitações, empreiteiras, lobistas, cargos e etc).

O nosso urubu mumificado começou a vida politica de modo mediocre e obscuro, na extrema direita da ARENA, na época da ditadura.

Chegou a presidente num golpe silencioso, pois Tancredo, que possivelmente foi envenenado, morreu antes de tomar posse.

Portanto, segundo a lei da propria ditadura, o vice não poderia assumir antes da posse, e novas eleições indiretas deveriam ser convocadas, o que elegeria Ulisses Guimarães.

Então, o governo Sarney foi um dos piores da historia, teve inflação recordista cavalar e corrupção desenfreada igual ou pior do que hoje.

Isso abriu caminho para o infame regime anel liberal de Collor de Mello, de onde surgiu Renan Calheiros, Velha Cordoso de Mello, Clepto Falcão e outros.

Depois disso o urubu ressurgiu das cinzas, se elegeu senador com meia duzia de votos, lá no Amapá, lugar que ele nem conhecia.

Assim, o nosso fossil de urubu mumificado da ditadura, esse ficou no senado até hoje, arrodeando e montando esquema politico e mamatas, se tornando então um cacique eterno que manda em tudo.

Já esteve metido com os tucanos mamiferos de FHC. Agora é aliado de Lula e do PT, junto com Renan e outros politicos da pior espécie (PMDB).

Deste modo, como de costume, o nosso urubu Sarney foi o mentor articulista e pizzaiolo que ontem salvou o couro de Renan Calheiros.

Deve ter movido mundo de fundos, deve ter convencido os indecisos com muitos cargos, esquemas, privilégios e mamatas. Essa é a moeda de troca do senado: toma lá, da cá. Nada saiu de graça.

Concluindo, eu diria que hoje o urubu Sarney avôa sobre uma pizza podre junto a carniça de um senado já em decomposição.

Além da disputa de poder interno, entre bandidos, pois não se iludam, a oposição tambem rouba e quer mamar, esse senado agora ficou dividido, inoperante e encalacrado. Isso é um problema sério.

O grande duvida agora é como fazer o cadaver do senado funcionar. Tal situação é perigosa, pois tal vacuo pode trazer uma ruptura, um golpe ou sei lá o que.

A verdade é que população não aguenta mais essa impunidade cara de pau. O povo quer ver punição severa para todas as formas de maracutáias. A opinião publica está cuspindo "marimbondos de fogo".

Do mesmo jeito que apoiam milicias na favela, vão acabar apoiando golpe militar e/ou caudilho populista, tipo Chavez Fujimorizado ou sei lá o que.

Acho que é preciso criar um dispositivo legal que permita o eleitor disolver o parlamento e convocar novas eleições. Quando um senado escroto fica assim atolado na lama de merda, fecha logo e elege outro.

Senão vamos ter que ficar 3 anos e meio aturando um senado morto, que não funciona nem delibera porra nenhuma.

Deveriam ter limado logo esse Renan safado. Isso evitaria todo esse circo de horrores, seria menos pior para todo mundo.

Mas o cara é teimoso e marrento como um carrapato faminto, só sai se for a ferro e fogo. A soberba acabou dando certo para ele, mas deu errado para o senado e para o país todo.

Esse episodio lamentável expos novamente o orificio fétido do fisiologismo corporativo que sempre existiu no senado, isso queimou ainda mais a imagem já toda fodida e avacalhada da instituição. O fato é que ontem mataram o senado.

Paulo Henrique disse...

Vote Bin Laden for president! Destroy Brazilian Twin Towers!!!

Paulo Henrique disse...

Kiloton. Acho que o Brasil (infelizmente) tem o governo que merece, mas o problema é que inocentes pagam por isso. E já que aprendemos que o governo não vai melhorar por si só é preciso melhorar a cabecinha miúda de quem os botou lá. Nesse caso os meios de comunicação em massa são a melhor opção para começar o serviço, creio eu.

kiloton disse...

Caro Paulo Henrique,

Não acho que melhorar a cabecinha miuda do eleitor vá funcionar. Acontece que, em certas eleições, todos os candidatos são pilantras. Então, não adianta votar bem, o certo é não votar.

Se todos os candidatos são bandidos bancados por empreiteiras, se toda propaganda é mentira marketeira para enganar otários, em quem voce vai votar?

Adiantaria voce ter pesquisado e estudado os candidatos, adiantaria voce se formar em ciencias politicas e ler jornal todos os dias?

Sim, sabemos que o voto nulo, apesar ser uma ferramenta democratica para demonstrar o repudio, isso tambem não elege ninguem que preste. Mas essa é a unica opção que temos hoje.

Podemos educar e ilustrar o povo otário, mas, além de levar decadas, é preciso existir gente decente para eleger.

No esquema que temos hoje, o que importa é a campanha de marketing mentirosa, com musiquinha brega, tocada na radio e TV laranja do proprio politico pilantra, tudo sempre bancado por lobistas, empreiteiros e até mesmo crime organizado.

Alem disso, os grandes canais de comunicação são vendidos, são de quem pagar mais, e assim as nossas informações são manipuladas e distorcidas.

Para resolver o problema, é preciso fazer o seguinte:

1- proibir a propaganda politica e eleitoral na radio, na imprensa e na TV. Fodam-se os analfabetos.

2- criar um catalogo de candidatos, incluindo somente uma foto 3x4, um curriculo e uma proposta.

3- para se candidatar, o politico tem que fazer provas e concursos e ser investigado, não pode ter a ficha suja na justiça nem na policia.

4- o voto tem que ser um contrato. Caso o candidato eleito não cumpra o contrato, os eleitores podem impedir e expulsar o politico, em avaliações semestrais. Pode processar e exigir indenizacão

5- além disso, ao inves de imunidade, os politicos, assim como os militares, juizes e policiais, esse devem ter punição dobrada, incluindo a pena de morte.

Se fizerem assim, qualquer pessoa decente pode se candidatar, sem precisar de lobista, bicheiro ou empreitra para bancar campanha mentirosa na TV.

O catalogo é como uma ficha de pedido de emprego, e qualquer um que passar na prova pode pleitear. A proposta que agradar a maioria vence.

Isso acaba de vez com o problema. Teriamos muitos candidatos para escolher. Se não tiver nada que agrade, o proprio eleitor pode candidatar. Com o contrato haveria uma garantia e isso seria totalmente democratico.

Do jeito que é hoje, vivemos na verdade uma ditadura do poder economico, onde somente aqueles que tem milhoes para campanha, que são famosos, podem entrar.

E usar financiamento publico para campanha é tirar dinheiro do bolso do eleitor otário para colocar no bolso do marketeiro pilantra.

Com o catalogo e o fim da propaganda na TV, assim acabamos com a raça escrota dos marketeiros, da musiquinha brega, dos politicos safados e das mentiras da TV. Acabamos com os financiamentos dos lobistas. As empreiteiras assim se fodem e entram na linha.

Paulo Henrique disse...

Seria uma boa levar a proposta adiante...

Tá certo. Mas e se um grupo de candidatos decidir criar fichas com foto 3X4 com propostas semelhantes e, depois que este grupo conseguir a maioria dos candidatos eleitos, tocar 1 foda-se pras promessas que fez e dar um nananinanão às suas punições, além de eleger também cargos na justiça que os impeçam de fazer qualquer coisa que mostre uma imagem ruim deles?

É isso o que acontece hoje. Mas o que eu quis dizer foi: a mídia degrada a mente fraca das pessoas e isso as torna mais conformadas e felizes com a dor.

Próximo post do blog eu boto um texto (grande) que fiz explicando tudo isso. Detesto entrar em tópicos cheios de comentários gigantes e provavelmente todos também detestam.

*Além disso nós já tivemos candidatos bons para eleger, mas como eu disse, o Brasil tem o governo que merece. A maior prova de masoquismo desse país foram as últimas eleições. O candidato Cristóvan Buarque dava maior prioridade à educação, tanta prioridade que para alguns chegava a ser chato a mesmice de seus discursos, além de ele ter humilhado a opinião de quem é a favor da internacionalisação da Amazônia.

Um candidato que sabia bem que educação é a melhor (e talvez nossa única) maneira de levar um país à prosperidade, foi rejeitado pela população com cerca de 6% dos votos. E ainda relegeram o governo que desencadeou a maior corrupção da história do país.

Paulo Henrique disse...

Paulo de Lara morrou ontem.

Paulo Henrique disse...

*Pedro de Lara morreu ontem

kiloton disse...

Paulo Henrique,

Voce tem razão, esse povo merece o governo que tem. Mas, além de educação, tem que haver uma profunda reforma nessa politica.

Voltando ao tema educação, o fato é que porrada tambem educa. Na verdade, não é somente falta de oportunidade. O povo não gosta de estudar mesmo. Estudar é coisa de "CDF". Preferem o pagode, a cachaça e a putaria.

Uma prova disso, como voce bem disse, foi a rejeição do candidato Cristovam. Preferem a mamata da bolsa familia, para poder fazer mais filhos, para pedir esmola, do que ganhar escola e educação.

Parece fascismo meu, mas, segundo um estudos que eu vi sobre a mendicancia, a maioria dos pedintes estão na rua porque gostam e querem assim. Se der casa e colocar na escola, a maioria fica entediada e foge de volta para a rua.

E tambem é preciso dizer que existe uma meia duzia de senadores decentes. Podemos destacar o Suplicão, o proprio Cristovam e mais uns dois ou tres. Na ultima vez eu nem votei nulo, votei no Cristovam para presidente

Finalmente, desculpe aí os discursos quilometricos. É que eu fiquei puto. Contudo, mesmo que o meu comentario fosse na lua e voltasse, ainda assim isso seria pouco, seria um resumo da minha indignação.

Ellen Petersen disse...

Imendando o que o Kiloton disse:

"3- para se candidatar, o politico tem que fazer provas e concursos e ser investigado, não pode ter a ficha suja na justiça nem na policia."

Tem o seu lado positivo, pois eliminaria mais de 50% dos candidatos que muitas das vezes são analfabetos ou semi. (Isso se aplica aos vereadores, deputados federais e deputados estaduais de meia tigela).

Esta tática de investigar o passado de um figurão deste calibre é perda de tempo. Todos aqueles que são indiciados, são absolvidos por causa daquela porcaria de foro privilegiado. Então não há ficha criminal preenchida.

Enquanto os representantes políticos não forem tratados como os demais civis, as coisas vão continuar da mesma forma. Isso não significa que é a solução, mas ajuda bastante.

Envolvimento com escândalos? Só se for pra rir...
Se isso fosse incriminar alguém, dificilmente haveriam reeleições, o que é uma constante.

Desculpe me intrometer no seu comentário, mas é impossível não se deixar levar com tamanha indignição e sensação de impotência mediante tanta afronta como no caso Renan. O fato de não ser nenhuma novidade é tão irritante quanto.

kiloton disse...

Falou e disse Ellen. É isso aí. Obrigado por se intrometer.

Na minha opinião, o politico não deve ser tratado como um civil normal, porque ele tem na mão o poder do estado.

Então, ao inves de imunidade e foro privilegiado, é preciso haver punição dobrada.

Por exemplo, a pena que para o cidadão normal é de dez anos, para um politico deveria ser de vinte. Dependendo do caso, poderia até ter a pena de morte.

Se o politico é pago, pelo cidadão, para usar o poder do estado e com isso pratica crimes, a punição deve ser dobrada. O mesmo deveria ser aplicado em juizes, militares e policiais.

Fábio disse...

e Tropa de Elite, André. Já viu ?

pirataria VS venda do filme pela Internet...

kalyus disse...

X, oq vc achou do especial da Globo sobre o Renato Russo ?

Elizabete disse...

André,
Vi o clip de R ao contrario...tah lindo,adorei...
bjus...

Anônimo disse...

Especial Renato Russo, como disse o Lobão sobre o filme do Cazuza: parecia um capitulo de Malhação.

O Rede Grobo deveria ser mais realista, ao assistir o especial deu vontade de chorar... muito fofô para um louco como RR

Paulo Henrique disse...

E o Arruda? e o Mensalão?

Kiloton, não vejo porque punir dobrado também juízes (talvez tenha razão) policiais (apesar dos pesares eles prendem muita gente!) e militares. Tem militar que nã tem nada a ver com a história, só têm diploma na AMAN e arrumaram outro emprego.

O fato é que juíz ganha dinheiro em exceço sendo que não devia ganhar tudo isso. O mesmo vale para cargos públicos. Eu acho que essas coisas causam mais má distribuição de renda ainda. Eu gostaria que o povo parace de fazer greve por aumento de salário. Isso tá me tirando do sério. Além de paralizar o setor o aumento do salário aumenta também os impostos, além de diminuir o poder de compra de todo país. Se todo mundo parasse de fazer merda sem pensar antes e economisar um dinheirinho gasto com cachaça e coisas fúteis aposto que as coisas iriam começar a baixar de preço.

Só pra dar exemplo claro de que isso funciona a empresa American Air Lines em 1987 economisou 40 mil dólares tirando uma azeitona de cada salada servida na primeira classe.

Acordo povo... Menos significa mais (eu quis dizer que economia trás fartura).

kiloton disse...

Paulo Henrique

O que eu quero dizer é que, se um pessoa usa o poder do estado para cometer crimes, isso é um ato de alta traição. Por exemplo, pagamos a policia para nos proteger e nos dar segurança. Então, se o policia usa a farda e o poder da policia para roubar, sequestrar e matar, isso é muito pior do que um cidadão normal que comete o mesmo crime. Assim, ao inves de foro privilegiado, o policial traidor deveria pegar uma corte marcial e encarar um fuzilamento.

A mesma coisa acontece com os juizes. O juiz que vende sentença é um traidor que merece uma pena maior do que aquele que não tem o poder do estado para roubar.

Assim tambem acontece com os politicos. Eles usam a imunidade parlamentar e o poder do estado para roubar. Veja o caso do suplente do Roriz, o Gim Argelo, que tem uma ficha suja na justiça. O cara correu e tomou posse porque assim ele fica imune e impune.

No caso dos militares, esse praticaram a conspiração e o golpismo em 64. Praticaram genocidio, tortura, perseguição e até terrorismo (RioCentro), inclusive internacional (operação condor). Ao inves de serem punidos pela alta traição, foram anistiados e estão canatando de aglo até hoje.

Deveria ser o contrario. Se a autoridade recebesse uma pena mais severa do que o cidadão comum, o Gim Argelo não tomaria posse, não usaria o senado para se safar dos crimes que cometeu.

Enfim, o governo torra bilhões do cofres publicos para sustentar, abrigar e proteger ladrões e criminosos.

kiloton disse...

Paulo Henrique,

Outra coisa que precisa acabar é essa promiscuidade entre o executivo e o legislativo. Na verdade, o executivo é um cliente do senado, que compra apoio através da distribuição de cargos e mamatas.

Essa moeda de troca precisa ser destruida de alguma forma. A função do senado é vetar as medidas provisorias que sejam malignas, e aprovar as que são boas, sem que para isso seja preciso mensalão ou distribuição de cargos.

Com esse esquema de distribuição de cargos e mamatas, o executivo passa a merda que quiser. Acaba virando uma ditadura, pois o executivo faz o que quer, pois tem o legislativo anulado.

É por isso que o Renan não quer sair de jeito nenhum. Ele é a ponte que faz essa união carnal asquerosa entre o executivo e o legislativo.

Se o Renan sair, ele perde o esquema de cargos e mamatas. Se sair, perde tambem o controle de liberação das verbas do PAC e deixa de mamar nas propinas das empreiteiras que lucram com isso.

kiloton disse...

E digo mais!

Quanto ao Arruda, eu esperava coisa pior. Acho que o Arruda não tem sido tão ruim quanto foi o Roriz.

Porem, não concordei com esse negocio de regularização de condominios. Para mim, não se pode regularizar ou legalizar aquilo que é irregular e ilegal. Se continuar assim, logo vão legalizar o roubo, o homicidio e tudo que é tipo de crime.

Com essa politica de legalizar o ilegal, todos os grileiro e invasores vão pensar: "oba! vamos grilar e invadir, para fazer condominio e favela, porque o governo, para ganhar votos, depois vem e regulariza tudo".

Sim, os condominios não seguem a lei que os trouxas são obrigados a seguir. Além de estarem em terras publicas griladas, os caras colocam muros e guaritas aonde querem, enquanto as pessoas do plano piloto não podem fazer isso.

O André X não pode ter uma guarita com portão e segurança na entrada da quadra dele. Nem o pai de André X, o Dr Mueller, pode colocar muro e guarita na rua em que ele mora no Lago Norte. Claro que não podem. Mas os grileiros podem.

Acaba que a pessoa honesta acaba se tornando uma otária.

Na verdade, é sociedade trouxa a verdadeira dona da terra publica grilada. Além disso, é a sociedade otária que paga o IPTU para melhorar a cidade que os grileiros e invasores tambem usam e abusam.

Os honestos trouxas são aqueles que tem escritura do imovel e seguem a lei, enquanto os grileiros fazem tudo que querem e nem pagam imposto nenhum.

O grileiro, ao ter o condominio regularizado, esse se dá muito bem, tem financiamento moleza com juros abaixo do mercado, para pagar em 120 meses, coisa que tambem é bancado pelos otários, pois isso é feito com o dinheiro da Terracap e pode até prejuizo aos cofres publicos.

Aquele que é honesto e compra um imovel legal, esse não tem financiamento nenhum, não tem nenhuma vantagem. Só tem impostos, leis e multas para pagar.

Isso é o mesmo que acontece na concorrencia dos camelôs, coisa que destroi o comercio cidade. É o mesmo que a pirataria faz com os CDs dos artistas.

Para que pagar impostos, direitos e aluguel se eu posso ganhar mais na informalidade do produto pirata vendido na via publica?

Por que eu vou comprar um disco por 20 réis se o pirata vende por 2 réis?

Por que comprar um lote legal, mais caro, para pagar IPTU e seguir lei pentelha de cidade tombada, se eu posso morar em invasão e/ou condominio irregular que não tem nada disso?

Ou seja, acaba que os desonestos são recompenssados, enquanto os honestos só pagam, sofrem e se fodem.

Portanto, parece que a lei que temos não é igual para todos. Parece existir duas leis diferentes: uma severa para os trouxas, outra moleza para os pilantras.

Se os condominios podem fazer muro escroto com caco de vidro, se podem colocar portão, guarita e segurança privada em locais publicos, as pessoas honesta deveriam ter o mesmo direito. Caso contrario, é preciso então acabar com os muros e guaritas nos condominios.

Enfim, pelo menos o Arruda foi mais rapido nessa lenga lenga repugnante. Resolveu garantindo um monte de votos, pois mais da metade da população do DF mora em imoveis irregulares.

Pelo menos foi melhor que Roriz, que passou mais de 10 anos enrolando e deixando rolar. O que Roriz fazia mesmo, nos bastidores, era incentivar e lucrar na grilagem, coisa que era feita com o apoio de politicos nojentos da bancada dele. Houve formação de quadrilha e pratica do crime organizado. E com isso o Roriz ainda fazia curral de votos.