terça-feira, dezembro 19, 2006

Jô Soares Confirmado

Sim, está no site da Globo: Plebe Rude hoje no Jô Soares. Tocaremos três músicas: Até Quando Esperar, Proteção (só com violões) e O Que Se Faz. A entrevista me pareceu bem legal, tomara que assim fique na telinha.

17 comentários:

Gustavo Pontas disse...

Eu gostaria de agradecer a gentileza no comentário do leitor "Jamanta" , no post "Semana Cheia", quando ele gruniu estas belas palavras:

"Gustavo Pontas,

quando vc mete o pé na jaca, ninguém esquece de você, são sempre 4, enfiando Pontas Grossas em você, logo depois vem um Ya Dog lamber a sua cara, hahahaha.... seu arrombado. Agora você deve saber que hs passa ou não???"

Sinceramente, eu ainda não entendi o que esse cara está fazendo aqui por esse blog. Porque de Plebe, ele não tem nada, mas é completamente rude.

Anônimo disse...

esse baixista esta parecendo criança, toda hora fala a mesma coisa. Igual criança quando descobre alguma coisa.

João disse...

André, já viu tua entrevista pro Faustão no Perdidos da Noite que tem no YouTube no final da música Nova Era Tecno? Muito bom, cara, engraçadão.

Rafael disse...

Entro no blog, agora às 12h20, e o que leio: a entrevista no Jô será hoje. Corro, ligo a Tv e lá está: Até quando esperar sendo tocado. Vamos à entrevista então!

Almir Freire disse...

Putz! Que felicidade caros plebeus!!! Imagina que eu não tenho visto televisão à noite há duas semanas (no mínimo).
No fim da noite desta terça-feira resolvi ligar o aparelho que invade a nossa sala de jantar.
Passagem de bloco do Jornal da Globo, chamada do Jô: "Hoje no programa do Jô tem a presença da Plebe Rude". Putz! Acabou agora a entrevista tola com um policial (justo um PM). Está no intervalo. Já vi e ouvi "Até Quando Esperar". Agora 01:21 (horário de Pernambuco). Vai começar a entrevista com a banda mais digna do Brasil!

Paulo_Santista disse...

Opa! Ainda bem que consegui acessar o blog a tempo de saber que era hj a entrevista...
Tomei um susto, achei que já havia passado.
Liguei a tv e tava passando a entrevista do policial...
Aguardei e consegui ver a rara entrevista.
Abraços a todos!!

Silmara de Oliveira disse...

Oba, sempre bom revê-los, também olhei hoje e quase que perco. Avisei quem pude!!! Legal!!! Parabéns! Abraço

José de Arimathéa disse...

PUTZ André... A Plebe Rude sempre dá SHOW, seja nos palcos, entrevistas e agora no Programa do Jô... Vcs sempre mandam muito bem, só achei que o Rodrigo Txotxa falou muito pouco (um grande abraço, Txotxa!!!) Além do pouco tempo que tiveram no programa, valeu a pena esperar! Pena que deram muito tempo para as piadinhas ridículas do "Cabo Tété"! KKKKK
Abraços e Saudações Plebéias!

Zezão Plebeu!

Caio(doug) disse...

Gostei da entrevista!
mas achei que foi pouco tempo..mas foi boa!
e as músicas também!
abraço André

Anônimo disse...

oi, sou o leonardo aqui de camaragibe-pernambuco, vocês são a banda que eu idolatro, mandaram muito bem no programa de ontem.estou me virando pra tentar comprar o R ao contrário por aqui.
Tenho vinte e cinco anos e meu sonho é ir a um show da plebe abraços!

Fabiano Plebeu disse...

Putz a entevista foi massa pena que o jô deu dois blocos para aquele PM ficar contando piadas bestas .... Mas valeu a Plebe detonou lá...

Ricardo Cachorrão disse...

PODERIA TER SIDO MELHOR, com mais tempo e tal!

Massss... Também não podemos só reclamar, só o fato deles estarem na GROBO, já é algo a ser comemorado! É a PLEBE RUDE na grande mídia!

Não podemos esquecer que os caras são alternativos, eu queria que fossem dois blocos, o programa todo se possível, mas um bloco e três músicas já foi grande coisa!

Quem sabe com essa exposição, eles não voltam em 2007 com um disco de ouro!

[]'s

Anônimo disse...

Um PM que conta piada vale mais que a plebe rude, viva o gordo!

Anônimo disse...

adorei o programa de ontem, sou de sao joao del rei, a cidade do cabo tete, figura lendaria, assisti por causa dele e foi melhor do q esperavamos ... Plebe rude!!! q isso!! a plebe tbm eh lendaria por aki.. nas festas da universidade federal sempre tem uma banda de universitarios q tocam plebe rude... inacreditavel ne?! mas aki eh "popular"...

Ricardo disse...

Como já era de se esperar, entrevista ultra superficial olhando só para o passado. Programa do Jô é um lixo

Anônimo disse...

Como sou novo e ñ presenciei os anos 80 comecei a ouvir Plebe Rude quando foi lançado o cd para sempre (2001) a partir dai peguei varios cds emprestados de um colega, pq ñ achei para comprar. E então lá estou eu em um certo dia no site do lobão quando desido entrar no site da revista outracoisa e dou de frente com o novo cd do plebe putz fiquei paralisado por um bom tempo. Comprei o cd e estou ouvindo todos os dias como sempre está otimo. E depois a participação no programa do jo foi fantastica pude ver umas das minhas bandas prediletas tocar, jah estou esperando o proximo cd do plebe. (acredito em vcs).
vlw...

Rafaela disse...

Preconceituosa, superficial e cínica! Não encontro palavras melhores para resumir o que foi aquela entrevista. Jô Soares, o comediante elitista fazendo pouco-caso de um dos maiores movimentos que o Brasil viu (e ouviu) durante o século passado. Eu, como uma mera plebéia, fã da PR e de toda a leva brasiliense, me senti desrespeitada diante tanto desdém do apresentador. Claro, Jô Soares é um comediante e toda comédia só é válida quando alguém é sacrificado! Desta vez Jô sacrificou todos os plebeus punks com suas piadas elitistas. Interpretamos os plebeus e Jô e sua platéia os patrícios.
André, você disse que gostou da entrevista. Espero que meu ponto de vista seja exagerado e que realmente tenha sido super bacana a entrevista!
Bom, mas dentro do meu exagero digo que a participação da Plebe no programa me serviu para duas coisas: 1)Ficar feliz pela volta de uma das bandas mais importantes do Brasil, e uma daquelas que me influenciaram musicalmente, ideologicamente e mais alguns mentes. 2)Reativei meu blog, abandonado há 3 meses, discorrendo sobre essa sensação (exagerada?) que tive da entrevista!

Exageros à parte, faço parte da plebe que está super contente com a volta de vocês!

Viva a Plebe!