quarta-feira, dezembro 20, 2006

De Costas para a População.

A afronta foi tão grande, tão ofensiva, que o povo brasileiro saiu de sua passividade secular e ensaiou um tímido protesto. Estudantes foram barrados no Congresso Nacional, um coroa se acorrentou numa pilastra do Congresso, o CNBB aconselhou aos padres que esclarecessem às paróquias o absurdo que é, jornais imprimiram manchetes. O STF declarou que a forma como o aumento foi concedido era ilegal e agora os deputados e senadores terão que mostrar a cara para se dar um benefício de 92% de aumento de salário. Foi uma reação patética do brasileiro, considerando o agravante, mas pelo menos foi uma reação.

Saiu hoje uma pesquisa da WWF, uma das ONGs mais atuantes mundialmente para preservação do meio-ambiente. A pesquisa, feita pelo Ibope, demonstra que a maioria dos brasileiros não acha que a preservação do meio-ambiente seja entrave para o crescimento econômico, contrariando o que o governo vem divulgando. Ou seja, o povo, que deveria estar sendo representado por aqueles que foram eleitos acha uma coisa, os que estão no poder acham outra. Pior, os governantes agem de acordo com a pressão dos grandes grupos de interesse, não de acordo com o que os elegeram. Uma distorção completa do que chamam de democracia.

Cito a pesquisa para demonstrar como as instituições políticas desse país estão longe do povo, distante dos interesses da nação. A mesma pesquisa indicou que para 62% da população o que impede o crescimento é a corrupção, não os entraves ambientais. Somente 7% citaram esse motivo. Não deveria o governo ouvir mais seus súditos e agir conforme a demanda popular? Não no Brasil, onde a voz dos lobistas corporativos falam mais alto.

Mais um exemplo para ilustrar: ouvi na CBN que o STF derrubou uma liminar que exigia para a transposição do Rio São Francisco um estudo de impacto ambiental. Então, se para mexer no leito de um dos rios mais importantes do país não precisa de estudo de impacto ambiental, nada precisa. Que festejem os lobistas!

E tem mais, não duvido nada que os parasitas sanguessugas que se dizem nossos representantes consigam receber o aumento que quiserem, mesmo com voto aberto. Até as eleições ninguém se lembrará de nada! Ao invés de mover para frente, aceitar um reajuste mais baixo e começar a tratar dos assuntos importantes para a Nação, os congressistas agora estão preocupados formulando uma vingançinha contra os magistrados. É para isso que ganham, agir como crianças. Cadê as tortas, os tomates e os ovos? Cadê as vidraças quebradas, os carros virados, barricadas de pneus pegando fogo? Sonhe, André, sonhe!

4 comentários:

F3rnando disse...

Já rolou a facada pelas costas (olho por olho, dente por dente...) no ACM Neto, se a moda pega...

Fabiano Plebeu disse...

Pô André estou perplexo com tudo isso ...e tambem sonho no dia que todos vamos as ruas para manifestar de verdade ...sem medo de policia, politicos etc .... e vou te falar a verdade ...meu maior sonho seria um show da Plebe Rude em plena esplanada dos ministérios para reuniar a galera e manifestar...assim seriam ao mesmo tempo em outros estados...imagine ..PLebe em Brasília, Cólera e Inocentes em Sampa, e por aí vai...cada cidade se expressar através da músicas e dos gritos dos oprimidos...essa sociedade precisa de mais atitude...de mais sangue punk nas veias...os jovens cada vez mais desligados do país ...não estão nem aí pra nada ...isso ta foda...e o governo Lula e sua corja aí metendo a mão... cadê a saúde galera, educação, segurança....ninguem liga ??? ninguem sente falta ??? Pra rua galera ...vamos organizar algo grande...vamos nos unir e chutar esses bandidos de lá...afinal nós somos os patrões !!!

F. S. Júnior disse...

com certeza foi uma reação patética, embora tenha sido uma reação... entretanto, também gostaria de ter visto as cenas de guerra... carros virados, pneus queimando, vidraças estilhaçadas...

Anônimo disse...

Que está de costas, aliás de bruço, mordendo a fronha, é a população.