terça-feira, janeiro 24, 2006

São Caetano do Sul - Fotos








Fotos enviadas por Frederico Cesquim, tiradas num show em 2001 (ou 2002?) em São Caetano do Sul. Show no qual fiz uma previsão que o Furacão iria detonar o Coríntias, mas foi ao contrário (Clemente está rindo agora!).

23 comentários:

F3rnando disse...

Maravilha! Como dizem lá no Japão: "lock and loll, baby!"

Renato Oliveira disse...

Esse show foi quando jogamos no palco as camisetas do extinto fan clube, e no bis a banda entrou para tocar com a camiseta vestida.
Nós entramos no camarim, e vc disse que adorou o desenho do congresso rachando.
Você ainda tem a camiseta, André?
Tenho até hoje a tela do silk guardada. Saudades daquela época, pena que o FC não vingou.

André X disse...

Renato,

Eu ainda tenho a camiseta! Quero usá-la num dos clips do CD novo. Ainda acho o desenho sensacional.

Renato Oliveira disse...

Seria uma honra te ver utilizando a camiseta em um clipe! O desenho fez parte de um trabalho de faculdade meu!
Bem que alguém poderia tentar "ressuscitar" o fã clube, que acabou terminando por causa de brigas entre os participantes... ninguém se entendia direito, era uma guerra de egos sem fim. Mas era legal.

Fábio disse...

Cara, achei impossível não fazer uma comparação com o último post (o da foto das antigas).

Não sei como definir a mudança no visual de vocês. Mas o que me chama a atenção é que musicalmente a energia da banda parece a mesma até hoje.

abs.

Kalyus/RJ disse...

Seguinte, se mais alguém estiver afim de trazer o FC de volta a vida eu estou dentro.
É só entrar em contato que trocamos uma idéia valeu !!!
kalyus@hotmail.com
Realmente o desenho das antigas camisas é fantastico, parabéns Renato.
Abcs a todos os Plebeus.
O RJ QUER MAIS PLEBE RUDE

Anônimo disse...

quem é o doido que deletou a comunidade da plebe do yahoo? era o presidente do fã-clube?

Renato Oliveira disse...

Não havia presidente no FC, era um grupo de pessoas. Por isso que não deu certo, não havia comando, cada um falava o que queria, e sempre dava confusão. E para piorar, começou a haver rixa de bairrismo entre o pessoal rio-sp. Um grupo nunca aceitava a opinião do outro.
O cara que deletou a comunidade simplesmente não gostou de algumas declarações de integrante da banda e deletou a comunidade sem aviso prévio, deixando todo mundo sem saber o que aconteceu.

Se quiserem trazer o FC de volta a vida, não cometam o mesmo erro. Não dá para ter democracia ampla nesse caso, tem que ter comando, e bem centralizado, senão vira uma zona. E sem bairrismo, por favor.

Gabriel disse...

EU TO DENTRO TB DO FA CLUB!!!

WINSCRAFT@HOTMAIL.COM

PLEBE NO RIO!

Anônimo disse...

tinha mais ou menos 100 pessoas, e o cara deletou assim, sem explicação. Lembro q era legal, pois tinha assuntos bem mais interessantes que do orkut.

Anônimo disse...

Anônimo, eu também achava que era legal pra caramba, foi através daquela comunidade que criamos a caixa postal n. 1985 (extinta), fizemos um mutirão para existirem as camisetas, criaram o site do fa-clube, escreveram uma espécie de fanzine... Até que tinha bastante coisa, foi legal. Era tudo tosco, mas acontecia.

... mas no fim, morreu tudo.

José de Arimathéa disse...

E aí André Diablo X, quando é que vc vai disponibilizar para os fãns o filme "Ascensão e Queda dos Quatro Plebeus"?
Putz, esse sim é impossível encontrar.
Acho que a última vez que ouvi falar sobre sua apresentação ao público foi em um evento em São Paulo, "30 Anos de Punk". Porra, mais São Paulo é muito longe de Brasília!!! KKKK
Zezão Plebeu!

Anônimo disse...

essa da caixa 1985 eu não sabia.kkk Lembro que faziam analises nas letras das músicas, era bem legal... eram 100 pessoas, mas representava bem mais dos que os 4.000 do orkut.

Fábio disse...

Também tô dentro do Fã Clube.

Mas como funcionaria isso ??

Dario disse...

Ainda bem que alguem falou da ideia do fã clube, eu ja tava com essa ideia ha algum tempo, to dentro ....

Vitor disse...

Andre, se a plebe for convidada p. abrir o show dos stones, vcs aceitam?

André X disse...

Apoio total à volta do fã clube! A gente sempre esteve bem próximo de iniciativas assim.
Tanto é que, o presidente do fã clube do rio, o Alexandre Plebeu, cantou no Mais Raiva.

Abrir para os Stones? Claro que sim! E ainda vou filar um uísque do Keith Richards!

José de Arimathéa disse...

Fã clube, Haaaaaa, estou dentro...
Zezão Plebeu!

alex disse...

O site do fã-clube ainda existe:

http://www.fapleberude.hpg.ig.com.br/

alex disse...

lá ainda tem várias fotos de shows da Plebe

victoRude disse...

victoRude: tb tô dentro do fã clube!
PLEBE RUDE é Rock Brasília, o melhor Rock do Brasil!!!
victor_fernandez@ig.com.br

Alexandre Plebeu disse...

Prezados,
Em 1992 pouco antes do lançamento do “mais raiva...” eu aluguei uma caixa postal, que era a 80.905, publiquei seu número em alguns jornais e revistas da época como O Globo, Backstage e outros. Isso aconteceu numa época em que eu não tinha computador, Internet, etc. Todos os contatos eram através de cartas. Bem, com isso recebi cartas de pessoas de vários estados e conseguimos ressuscitar o que chamávamos de Unidade Plebe Rude Oficial. Não tínhamos a idéia de ser um fã-clube, mas sim um centro informativo com o objetivo manter os fãs em contato com e banda e informados sobre sua trajetória. No final era um fã-clube, não tinha jeito... rs. Com o fim da Plebe em 1994 a idéia original se perdeu. Era 14 de maio de 1994 e naquele dia tudo perdeu o seu sentido. Foi por telefone que obtive a confirmação do fim da banda com a ida de Philippe para os EUA.
Em 1999, depois várias articulações, a Plebe Rude volta em formação original e muitos fãs antigos reapareceram, mas o principal acontecimento foi o surgimento de novos fãs principalmente no Rio e em São Paulo. Tinha muita gente com menos de 18 anos e muitos órfãos da Legião Urbana. O show de São Caetano do Sul foi um marco para recriação do fã-clube porque colocou o pessoal de São Paulo em contato direto com o pessoal do Rio.
Com o objetivo de criar um fã-clube forte juntando esses dois grupos, me propus a ajudá-los solicitando à banda que oficializasse o fã-clube e isso foi aceito. Dessa vez eu não estava como presidente do fã-clube, mas sim como integrante e articulador em virtude de circunstâncias que não preciso citar. Eu ajudei a abrir portas para os caras e os coloquei em contato direto com a banda. Pouco mais de um ano depois, em virtude de uma declaração de Philippe, dois dos principais integrantes do FC no Rio (o que tinha a senha de atualização do site e o que era o proprietário da lista de discussão no yahoo) começaram detonar o Philippe publicamente em sites e em listas de discussão. O ódio proferido era tanto que chegaram a cogitar a criação do site “euodeiophilippeseabra.com” ou coisa parecida. Direito à opinião diferente é uma coisa, falta de respeito é outra, logo, esses fãs deviam ser “paraguaios”. O estranho é que alguns dias depois, num show do Clash City Rockers no Ballroom, os mesmos caras estavam desfrutando de privilégios como participar da lista de convidados do show e acesso ao camarim. Revoltado com a sacanagem eu falei com o empresário que os caras não podiam ser “convidados” uma vez que faziam contra-propaganda de um integrante da banda. No final, os caras foram barrados e depois liberados em seus privilégios... Dias depois, em retaliação ao fato de quase terem sido barrados no show, os dois irresponsáveis deletaram a lista de discussão do yahoo e acho que também largaram o site do FC sem repassar a senha para quem quisesse dar prosseguimento. Foi um acontecimento lamentável porque tinha muita gente boa com vontade de colaborar e batalhar para colocar o nome da Plebe no topo. Os caras achavam que estavam prejudicando a mim, mas acabaram destruindo um projeto do qual não queriam mais fazer parte. Mesmo com as divergências entre o pessoal do Rio e de SP, acredito que poderia ter sido diferente. Ser fã não significa ser um idiota cego e sem opinião, mas respeito é bom a gente gosta.
Estou sumido, mas ainda estou vivo! Afinal uma atitude repousa, agoniza, mas nunca morre.
Abraços a todos.
Alexandre Plebeu

X-plebeu disse...

Esse show foi memorável.
Quanto ao fim do FC: "Quem conta um conto aumenta um ponto". Não era esse mar de rosas como foi comentado...