sexta-feira, julho 10, 2009

Scott Pilgrim: um baixista no holofote!


O meu amigo e guru Chico Bóia define a humanidade em duas categorias: carneiros ou pastores. A definição vai um pouco além de ser líder ou liderado. Refere-se à capacidade de ser independente, de ter uma visão única do mundo, de descobrir coisas novas e ter opinião própria. Esses são os pastores. Os que vão na onda, copiam, consomem produto feito para as massas, esses são os carneiros.
Tem uma série canadense em quadrinhos, desenhado por Bryan Lee O’Malley, que vai fazer a diferença entre os carneiros e os pastores. É o personagem Scott Pilgrim, um baixista de 22 anos que se apaixona pela Ramona Flowers. Só que para ganhá-la, tem que passar pelos seus sete ex-namorados maléficos. Soa meio adolescente imbecil, mas é fantástico.
Acontece que vão fazer um filme. O filme, sim, vai ser dirigido ao público adolescente. Muito difícil capturar o “legal” da história na tela. Então, antes de chegar aos cinemas, é bom vocês lerem. Daí vão poder falar: “pô, não captou nada do que eram os quadrinhos”. Vamos poder sair do cinema rindo dos “carneiros” que estão sendo alimentados cultura regurgitada.
Sejam pastores, leiam a série Scott Pilgrim, a única vez que um baixista vira herói!
E parece que a Cia das Letras vai publicar a série em português. Não porque entenderam do que se trata, mas porque vai virar filme e eles querem colher os lucros.

19 comentários:

Anônimo disse...

O problema do carneiro é não saber avaliar arte. Precisa estudar história da arte, música e etc.

Por isso o caneiro segue a moda dos outros, imita a TV e só escuta música conhecida. Tem pessimo gosto porque não tem conhecimento, informação nem cultura artistica nenhuma. As vezes, falta até vergonha na cara.

A moda é fenomeno de massa, mas bom gosto é individual. Somos iguais nos direitos e deveres, mas cada pessoa é diferente uma da outra. A massificação nos faz perder essa identidade pessoal única. Tal desprsonalização de otários chega a criar grandes manadas de clones consumistas.

Querem nos tornar iguais, com numeros, mas devemos ser individuos únicos e insubstituiveis, com direito a identidade e vontade propria, desde que não faça mal aos outros.

Anônimo disse...

Eduardo Cyrillo:Não conheço este quadrinho,mas..gostei do texto e viajei pensado na capa e no seu enredo ao som de:http://www.youtube.com/watch?v=W-W6S9aBKnE&feature=channel

Anônimo disse...

Tambem gostei do quadrinho. No lugar de monstros, inimigos e foras da lei, o heroi enfrenta os sete ex-namorados da da atual namorada.

Não considero tema infantil/ adolescente. É universal, acontece com as pessoas adultas tambem. Expõe o lado competitivo na seleção genetica humana.

Isso inclusive já deve ser assunto tratado na literatura de cordel, nas estórias de "A Peleja do Corno contra os Sete Ricardões". A trilha sonora inclui gemidos da musica sertaneja.

fernando disse...

O estranho é que vivemos num mundo onde a cada instante o absurdo parece real, que o sistema vende pose de cpastor para ovelhas que as compram, e dificilmente enxergam tal fato.
Obrigao pela dica!
"A força fez os primeiros escravos e a covardia os perpetuou"
(J.J. Rousseau)

Anônimo disse...

Como disse X, "pastores e carneiros" não é a analogia mais apropriada. O termo correto seria "antas sem noção" e pessoas com um minimo de pensamento critico.

O pastor sempre guia o pobre animal até o matadouro. Uma pessoa inteligente pode massificar a anta infeliz, mas tambem pode informar, esclarecer e libertar antas zumbificadas do matrix de massa.

Muitos preferem se aproveitar da ignorancia e desespero da anta sem noção. Assim, conduzem o animal direto p/o matadouro de consumo. Vide igrejas, politicos e marketeiros do mercado pop. Tudo por dinheiro.

Porém, tambem pode existir o bom lider, aquele que edifica e ilumina qualquer besta. Basta seguir o caminho do bem, basta prestar atenção nas fontes e a anta encontrará boa informação.

Ralah Ricota Cover disse...

Por isso é que o pessoal do SY é meu guru ever: "Kill Your Idols" é muito saudável, nivela todos nós tendo em vista nossa "humanidade" em comum.
Valeu Divi!
abs

João disse...

humanos são dotados de humanidade?

Nossa, você é quase um gênio!

Gustavo Pontas disse...

Ahaha...

tocou "Até quando esperar" no programa "A Fazenda"!

Anônimo disse...

Acabei de ouvir Até quando esperar no programa Na Fazenda, da Record. Tava passando de canal e fiquei meio bobo, pensei: o que uma música da Plebe faz no programa como aquele. Enfim, é uma propaganda gratuita. É bom que as pessoas saibam o quão é importante a Plebe Rude para história do Rock Brasileiro.

Anônimo disse...

E aí, André X!

O que achou do CJ Ramone?
Comentários, por favor.

Claro, se vc foi. Estou perguntando pq vi o Philippe lá.

Anônimo disse...

A Plebe também foi citada na Record ontem no mini-especial sobre o aniversário do Rock. Se não me engano foi no programa Geraldo. É um que passa à tarde.

Paulo Henrique disse...

Existe um desenho chamado Beck que fala sobre banda. O melhor do gênero até agora. 26 capítulos, excelente história.

Anônimo disse...

Plebe no 'A Fazenda'. Tocou quase que inteira "Até Quando...".

Anônimo disse...

Ah! A sonoplasta do pgm é a Laura Finocchiaro...

Sandro Cavallote disse...

André, sou das antigas e ainda fã da Plebe. Escrevi um texto sobre "Nunca fomos tão brasileiros", um disco que é uma das grandes influências da minha adolescência. Se quiser dar uma olhada: http://allstarvelho.blogspot.com/2008/10/album-review-nunca-fomos-to-brasileiros.html

Abraço!

Anônimo disse...

X anda sumido... Deve estar ocupado com as preparações do video.

De qualquer modo, já que o X gosta de parada de nerd, vai aí o link do computador usado pela Apollo XI, agora programado em java e disponivel na web: DSKY

Anônimo disse...

X esta internado com a gripe do porco.Ele voltará as suas atividades normais em até 10 dias. Tudo indica que as gravações para o DVD da Plebe irão atrasar um pouco por causa disso.Porém o local esta praticamente definido.Será no Vale do Amanhecer - Planaltina. Para quem não sabe, o Clemente é um cara muito místico e praticamente exigiu esse lugar. Para quem quer saber mais onde fica, segue o link:
http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=855480

Anônimo disse...

Cadê o X?

E os preparativos para o DVD?

Será que incluíram uma música do Plebe Rude 3 no set list do DVD?

Obrigado!

fastwalker disse...

rsrsrsr!!..muito boa a matéria!
na minha opinião tudo começa na escola. Vou direto ao assunto. Acho q todos aqui já ouviram falar no instituto Tavstok. Pois é mais ou menos isso que quero dizer.