segunda-feira, junho 29, 2009

Mais uma no O'Rilley

Mais uma amostra do show de sábado no O'Rilley.

11 comentários:

João disse...

O Mapa do show de sexta:

7 músicas do Concreto (todas, incluindo a esquecida Seu Jogo)

6 músicas do R (Que se faz, Quanto a vc, Discordia, Catarina, Remota Possibildade e Dançando no Vazio)

A música nova (Tudo que poderia ser)

4 música do Nunca fomos (Bravo mundo, Censura, Nunca fomos, A ida)

1 música do Mais Raiva (Pressão Social)

1 música do Enquanto a égua não vem (o magnífico cover Luzes)

João disse...

Algumas constatações:

A grande decisão foi tocar metade do R ao contrário, isso vai engrandecer o DVD. 1º porque tem qu mostrar a fase atual da banda e não ficar eternamente preso ao que se fez nos anos 80. E a fase atual da banda está no R, além claro da nova música.

Catarina e Remota Possibilidade saíram bonitas, melhores do que Seu Jogo, música antiga que parecem esqueceram como se toca e também da letra. Pelo menos no show de sexta.

João disse...

"Tudo que poderia ser" cumpre seu destino, e é tudo que ela pode ser, muito massa essa música. É o que a banda mais precisa, dar continuidade na linha evolutiva, o disco R ao contrário clama por ganhar um sucessor.

Das músicas do Concreto, todas estão muito bem treinadas ao longo do tempo com o Clemente e saíram muito bem. Exceção foi Seu Jogo, achei a banda meio desencontrada na execução da música. Além disso, o legal seria ter o sample dos metais, ao invés de tanto parápapá.

João disse...

Contei 20 música no show de sexta, mas Philippe disse que serão 22 no DVD. Então faltam duas nas que falei acima. Nunca fomos foi tocada como música incidental em Jonnhy. Pátria Amada, dos Inocentes, com um baixo sensacional, foi tocada como música incidental em Proteção. Qualquer corte que aconteça, por favor, que não seja nas músicas do R ao contrário.

João disse...

Lembrei: faltou Este Ano. Se contarmos as 2 músicas incidentais, Nunca fomos e Pátria Amada, dá 22, bingo.

Nas críticas, além de Seu Jogo, Bravo Mundo Novo também desandou, Philippe até anunciou a demissão do baixista no palco. Acertando essas, o círculo se fecha e vamos ao DVD.

João disse...

Abrir o show com "O que se faz" dá bem o tom, pois não se recorre a qualquer música do Concreto, como poderia ser mais fácil, e mostra o que é a banda hoje. Isso me lembra algo que um fã do Rem falou sobre os últimos shows dele no Brasil. Não é comparação entre REM e Plebe, mas se aplica. Ele disse que o REM tocava os clássicos como se fossem músicas desconhecidas, enquanto as músicas desconhecidas do repertório deles eram tocadas como se fossem clássicos. Se se conseguir isso na Plebe, será ouro puro.

João disse...

Plebe Rude Freak Fan Mode Off.

André X disse...

Ha ha ha ha.... gostei. Que venham mais comentários. Por incrível que pareça, nós os levamos muito à sérios ( a não ser quando baixa o Didi Mocó!)

Elizabete disse...

Alguém gravou a música nova?
Estou super curiosa para ouvi-la.

F3rnando disse...

Recuperou o fender avocado voador, X?

Anônimo disse...

PXA COMO VC LEVA OS COMENTÁRIOS A SÉRIO LÁ VAI...
TUDO BEM VOCÊS NÃO COLOCAREM NADA DO PLEBE RUDE 3 ....MAS BEM QUE PODERIAM COLOCAR MAIS UMA OU DUAS DO NUNCA FOMOS....TIPO CONSUMO E 48 HORAS POR EXEMPLO