sexta-feira, dezembro 12, 2008

Panfleto.

13 comentários:

Anônimo disse...

Será que o Arnaldo Antunes vai recitar aquele poeminha chato do Pão de Açucar?

dunha disse...

quem vai abrir pra quem, hein!?

Anônimo disse...

A plebe só vai fazer uma participação no show do ex-titã?

Anônimo disse...

GENTE POR FAVOR PLEBE É ATRAÇÃO PRINCIPAL E NÃO O CONTRÁRIO
SEM DESMERECER O ARNALDO

Wladimir Dotaf disse...

Sempre PLEBE RUDE! André, aguardamos mais um SHOW da Plebe aqui em Curitiba. Lembra quando a Plebe tocou na Pedreira? Forte Abraço.

Anônimo disse...

a Plebe tá igual ao mala do VanderLee, só faz show em suas respectivas cidades... será medo de enfrentar outro publico? ou ninguem arrisca a contratá-los com medo de não atrair pessoas?

Anônimo disse...

como foi o show?

Anônimo disse...

Se a Plebe tivesse jabá de gravadora, como acontece com o Capital Inicial, estaria sempre na TV e viveria em turnes pelo Brasil.

Contudo, sem gravadora nem jabá, os caminhos se fecham. O acesso a midia de massa e os grandes contratos de show business ainda são privilégios de quem está dentro do monopolio multinacional das gravadoras.

Outro fator que impede a Plebe de tocar pelo Brasil é o fato dos Plebeus terem um segundo emprego.

Se não há jabá nem gravadora, não dá para viver de música no Brasil. X trabalha no Banco Central. PhiPhi ganha mais trabalhando no seu estúdio particular. Não vão trocar o certo pelo duvidoso.

Portanto, aqueles que querem ver a Plebe tocando no seu estado ou cidade, esses poderiam ajudar agenciando os contratos.

Desafio aqueles que aqui reclamam a agenciar contratos decentes para que Plebe possa fazer shows pelo Brasil. Verão que, sem gravadora e jabá, isso não é tarefa fácil.

Deste modo, para ser explorado ou se meter em roubadas pelo Brasil a fora, melhor ficar em casa com a familia.

Anônimo disse...

Por que os produtores preferem contratar bandas de gravadora?

Primeiro, para fazer concorrencia desleal, a gravadora dá apoio para as suas bandas e artistas. Paga hotel, transporte e alimentação.

Para um banda independente, é o produtor ou a propria banda que tem que arcar com as passagens, o hotel e a comida.

Segundo, as bandas de gravadora são muito mais divulgadas, tem espaço cativo na midia de massa.

É muito mais facil encher um show de uma banda mainstream de gravadora, pois o monopolio de jabá da gravadora garante a divulgação e visibilidade da banda.

Por exemplo, Capital Inicial tem jabá de gravadora e está sempre no Faustão, na novela, na radio, na revista... Assim, Capital tem show lotado e lucro garantido. Torna-se atraente para os contratantes.

DR DANILO RAFEL disse...

eu acho que a Plebe quer dar um natal feliz para os moradores da Capital nacional.

viva a PLeBe RuDe!

João disse...

feliz natal ou feliz ano novo?

Anônimo disse...

Para mim quem não é cristão, o certo é dizer "boas festas"

Anônimo disse...

Infeliz natal!!