sexta-feira, dezembro 28, 2007

Engarrafados pela Expansão Econômica!

A notícia não poderia ser pior: as festas natalinas de 2007 foram registrados o maior número de mortes nas estradas nos últimos dez anos. Aqui em Brasília, alguns acidentes também marcaram o fim do ano, com mortes cinematográficas de inocentes. Aliais, são sempre os inocentes que morrem, nunca o motorista que vinha chutado, desrespeitando tudo e todos. Não conheço um motorista preso por dirigir embriagado, mas, sim, várias pessoas enterradas, vítimas de tal ato.

Com a tal “expansão da Classe C” propagada pelo governo, pela primeira vez um monte de pessoas tiveram acesso ao carro próprio. Todos comemoram, principalmente o governo, que arrecada um quinhão de impostos a cada veículo vendido. Eu acho triste. Mais carros nas ruas, dirigidos por pessoas não acostumadas a dirigir, somando a todos os egoístas das classes A e B, ilhados dentro de suas máquinas, isolados um dos outros, queimando combustível fóssil – some tudo isso e veja que não vai dar certo.

Porque não antecipar a tal da ampliação do poder de compra e prover as cidades de transporte público de qualidade? Já que podem comprar um carro, podem pagar um pouco mais nas passagens. Assim, para incentivar o uso do transporte público, poderiam instalar vias exclusivas, implantar novos metrôs, colocar para circular ônibus confortáveis, fazer de tudo para que a pessoa pense: “para que pegar um carro se posso chegar lá com mais conforto, menos stress?”

Mas o pensamento é sempre o contrário: vamos incentivar a compra de carros, a ampliação de nossa malha rodoviária, causando mais engarrafamentos, mais mortes, mais frustrações.

Um estatístico especializado em trânsito deu uma entrevista outro dia dizendo que, pelos seus cálculos, no feriado de 15 de novembro de 2014, São Paulo viverá um engarrafamento tão grande que durará dias. Pessoas irão abandonar os carros. Veículos terão que ser guinchados por helicópteros. Ainda há tempo, ainda há tempo.....

50 comentários:

Paulo Henrique disse...

E pensar que você disse num tópico anterior que apoiava o governo atual. o Arruda pra mim tá gastando o governo à toa porque está tentando resolver um problema que não vai conseguir resolver: diminuir o tráfego em Brasília. Essa cidade foi criada como sendo uma "rua única" justamente para não haver engarrafamento, mas já estamos tendo. Junta a precariedade com o preço alto das passagens e a cidade do altomóvel (não só ela) vendendo carro a prestação adoidado.

Até que ele fez bem em acabar com a farra de invasões, mas por essa e outras razões eu não apoio José Roberto Arruda.

Anônimo disse...

Paulo Henrique,

Eu não entendi o que você quis dizer. Por que você não apóia o José Roberto Arruda?

U Demulidor.

André X disse...

Brasília, infelizmente, também está nesse processo retrógado. Só que eu acho que não é exclusivo do governo Arruda. Eles fazem de tudo para incentivar o uso do carro, a aquisição do carro e deixam de lado o transporte público, as ciclovias e todas as outras soluções coletivas.

Anônimo disse...

Ouça essa música. Veja o que é rock...

http://www.mp3tube.net/musics/PG-Paz-na-guerra/88450/

Anônimo disse...

André concordo com esse pensamento.

Anônimo disse...

Atualize o site da PLEBE RUDE.

Anônimo disse...

As ruas de Brasilia precisam ser reformadas. O projeto dessa cidade está totalmente obsoleto e desatualizado. As comerciais são ridiculas, um verdadeiro bundalelê.

Em Brasilia, qualquer um se acha "otoridade", então todos param em fila dupla na frente da padaria e etc, esclorosando ainda mais essas ruas caóticas. Se acham os donos da rua.

É preciso fazer, urgentemente, mão unica nessas comerciais. Isso melhoraria muito, mas teria que mudar o transito na cidade inteira.

Tem que acabar com as invasões de puxadinhos favelados (para isso a cidade não é tombada) nos fundos das comercias, p/ fazer ali estacionamentos (sem tirar as arvores)

Outra coisa imnportantissima: é burrice ter 4 eixinhos estreitos e engarrafados. Melhor transformar os quatro eixinhos em dois eixões bem largos (o eixão W que vai e o outro L que vem). Assim, daria até para fazer duas ciclovias, que iriam da 202/102 até a 216/116.

Com os exinhos unidos, o aleijado poderia cruzar a cidade de cabo a rabo, sem atravessar uma rua sequer, pois as tesourinhas do lado das quadras seriam todas extintas.

Enfim, o problema não é só o aumento da frota e a falta de transporte publico. As ruas de Brasilia são estreitas, mal planejadas, entupidas de motoristas mau educados. Tem até carroça de cavalo no meio. O estado é incompetente, corrupto e sucateado. A burrice impera. O que é bom não pode porque a cidade é tombada. O que é ruim fica e acaba legalizado.

Anônimo disse...

E digo mais:

Os quatro eixinhos são cheios de onibus fodidos que se jogam em cima dos carros, atrapalhando o fluxo do transito. Saindo disso, a pessoa então entra na comercial encalacrada e caótica, que é pior ainda.

Principalmente nas estradas, as vias tambem são infestadas de caminhões super lentos e caindo aos pedaços, que tiram a visão dos carros. Não há Cristo que aguente ficar comendo fumaça de oleo diesel atrás dessas sucatas. É preciso ultrapassar.

Então, é na ultrapassagem que acontece a maioria dos acidentes. É perigoso misturar veiculos lentos e pesados com veiculos pequenos e rapidos.

Pelo menos, é preciso separar isso, é preciso haver pistas exclusivas para onibus, vans e caminhões, assim como pistas exclusivas para carros.

A solução definitiva seriam as ferrovias, para assim acabar com a raça do "irmão caminhoneiro". Junto a isso, na cidade, o metrô para diminuir os onibus e vans do transito.

Outro problema é que, entre os carros, existem antas e playboys. A mistura dessas duas pragas é o real problema. A anta anda devagar na pista da esquerda, enquanto o playboy ultrapassa pela pista da direita. É assim que funciona o transito goianificado de Brasilia.

Se todo mundo andasse rapido, na pista certa, haveriam menos ultrapassagens e menos acidentes.

Porém, aqui em Brasilia, se vc andar na velocidade certa, vai encontrar antas super lentas na sua frente. Na hora de ultrapassar a anta, haverão playboys e motoboys te ultrapassando em alta velocidade. Isso é muito perigoso.

Parece mentira, mas tem até carroça de cavalo no meio. É ridiculo. O transito de Brasilia é o retrato do subdesenvolvimento africanizado. Realmente lamentável.

João disse...

Então aqueles que ainda não conseguiram comprar carro, mesmo financiado em 90 meses, esperem pelo dia 15 de novembro de 2014. Como vai ter gente abandonando carro nas ruas da pavorosa cidade de SP, e só ir lá e pegar um carro de grátis.

Anônimo disse...

Oi X!
O seu natal parece que foi bem legal! até o seu papagaio levou, hein!!

para o ano, espero que seja repleto de muitas partituras, boas notas musicais e ótimas melodias para nossa diversão!
"longa vida aos rudes plebeus (nós)"

para o caos do trânsito, quem sabe se as linhas de transporte funcionarem melhor, pode ser uma saída...
a cidade não foi projetada para essa falta de controle, era para ser uma cidade inteligente e com pessoas educadas...

Paulo Henrique disse...

Ignorem o anônimo que escreveu o texto enorme sobre trânsito. Ele não sabe o que tá dizendo. Provavelmente não mora no DF pra saber.

Anônimo disse...

Caro Paulo Henrique,

Por seu comentário, concluo que, ou você não mora em Brasília, ou você é uma das antas e playboys a quem o amigo anônimo se referiu, ou, ainda, você não leu o texto, ou, por último, você não dirige.

Discordo piamente das sugestões dele, mas que ele está por dentro do que está acontecendo, de fato está. Agora, você ainda não respondeu à pergunta que fiz antes: por que você nâo apóia o Arruda? E por que você mandou desconsiderar tudo que o amigo Anônimo colocou? Quais são seus argumentos? Você os têm? Por via das dúvidas, vou esclarecer você. Argumento = Raciocínio, indício ou prova pelo qual se tira uma conseqüência ou dedução (retirado do dicionário Aurélio).

Para que seus comentários tenham validade, por favor, argumente e responda às perguntas que lhe foram feitas.

Um abraço e Feliz Ano Novo para você e para todos,

U Demulidor

Anônimo disse...

Oi X passandosó pra desejar um um Feliz ano novo pra você e sua familia...
beijinhos
Elizabete

Paulo Henrique disse...

Moro em Brasília, não sou playboy, não dirijo mas saio de casa, estudo, li o texto e não apóio Arruda porque COMO EU HAVIA FALADO ele está gastando o governo tentando resolver um problema que NÃO VAI CONSEGUIR RESOLVER. Ele não manda no mercado de automóveis. Disconsidero o comentário do Anônimo porque em Brasília não acontece de gente pegar a contar-mão na comercial pra ir na padaria. Ninguém é burro de fazer isso. Toda comercial tem "balão" (rua redonda pra fazer retorno rápido), e as ruas de comerciais são sempre movimentadas.

Reformar as ruas de Brasília? Tá ótima do jeito que tá. Brasília é a cidade mais fácil de se movimentar. Devia é melhorar o transporte. Mão única?! This is madness!!! Ia aumentar absurdamente o percurso pra chegar nos lugares.

Fundo de comercial não tem estacionamento. Talvez tenha confundido com as vagas de estacionamento (que não tem árvore nenhuma) EM FRENTE às lojas, e todas elas são permitidas.

Burrice é transformar os 4 eixos em 2. Cada um deles leva pra um lugar diferente, eles não são simplesmente ruas retas que levam pro mesmo lugar... O eixo W leva pra W3/Setor Policial (caso seja Asa Sul). O Eixo L leva pra L2. O Eixão é pra sair da cidade. Pra atravessar as 4 ruas existem túneis da cada duas quadras (apesar de estarem em más condições e habitados por mendigos à noite).

Ciclovia em Brasília é difícil construir apesar de ser necessário. Só tem rua e calçada, sem espaço pra ciclovia. Ainda bem que existe Parque da Cidade e aos Domingos o Eixão é fechado até as 6 da tarde para ciclistas e pedestres.

O caso dos carroceiros acontece porque muita gente principalmente do Nordeste vem morar na Capital(muitos vêm a pé) com esperança de melhorar a vida, mas quando chegam no Plano e se dão conta de que não tem como arrumar casa e ficam na rua mesmo ou vão pras cidades satélites.

Os 4 Eixo cheios de ônibus?! Eixo central e eixo W/L são os que menos passam ônibus. Eles passam mais na W3 e na L2.

As ruas que dão acesso a Brasília são bem asfaltadas e não passa tanto ônibus assim.

A rodoferroviária daqui é um lixo. Não deviam melhorar, mas sim constuir outra!!!

Esses playboys são foda mesmo. Enchem a cara e saem a 120 no eixo. Todo dia tem acidente. Mas essa história de motorista lento não tem anda a vaer. O limite de velocidade nos eixos é 80 km, mas todo mundo ultrapassa isso, dando a sensação de que quem está no limite de velocidade é lento. E se o carro está lento ele não tem que acelerar, é o apressadinho que tem que reduzir.

Resumindo, o trânsito tá ruim porque o transporte público também está, conseqüentemente todo mundo compra carro, as ruas estão cheias demais e os motoristas são imprudentes.

Anônimo disse...

Caro Paulo Henrique,

Agora você mandou bem!!!

Boa argumentação, num momento em que autoridades não as têm...

Um grande abraço,
U Demulidor

Anônimo disse...

sabiam que a fifa rejeitou a candidadura de 6 cidades brasileiras para serem sede dos jogos da copa por insuficiência de transporte público? e em outras cidades que passaram na avaliação, eles também sugeriram melhorias.

publiquei "O concreto já rachou" em torrent http://thepiratebay.org/tor/3956598

Anônimo disse...

Caros PH e Demolidor,

Voces não entenderam nada e eu não quero ter o trabalho de explicar tudo de novo. Tenho coisas melhores para fazer.

Tambem, não gostei da arrogancia. O assunto está encerrado aqui.

Vcs se acham os reis, sabem tudo, são especialista no assunto... mas eu sei que não são. não vou discutir com gente assim.

Eu só digo que me garanto e sei do que estou falando. Vcs estão muito enganados sobre mim. Vou fazer um breve resumo:

Já dirigi muitos tipos de veiculos, inclusive avião monomotor. Dirigi carro em varias cidades do Brasil e do mundo. Dirijo há mais de 30 anos.

Já andei em todos os tipos de estradas, desde estradas de lama na selva até super highway americana. Já dirigi muito em BH, Goiania, Rio, SP, Salvador, Recife, Floripa, Vitoria e etc, bem como Londres, Dublin, Los Angeles, San Francisco, Seattle, Las Vegas, Honolulu...

Anônimo disse...

Caro Anônimo que se dirigiu a mim e ao Paulo Henrique:

Em primeiro lugar: hahahahaahah!!!! Cara, você é engraçado mesmo!!!! Você vem falar de arrogância? E, em seguida, vem contar que dirigiu até monomotor? Homem (ou mulher), se olhe no espelho. Além do mais, você se dirige a mim, como seu eu não tivesse concordado com seus argumentos sobre o trânsito em Brasília. Eu só não concordei com as suas sugestões. E o fiz de forma respeitosa.

Agora, parabéns por toda sua experiência. Confesso a você que conheço poucas pessoas que dirigem há mais de 30 anos. Você deve ser bom mesmo. Se eu estivesse ao seu lado, procuraria receber de suas energias para melhorar minha pessoa. Entretanto há uma pergunta que não quer calar: Você é motorista profissional de diplomata?

Um grande abraço.
U Demulidor.

P.S. Paulo Henrique, estou ansioso por ver sua resposta ao Jarbas.

Anônimo disse...

Caro Anônimo que ficou magoado comigo e com o Paulo Henrique,

Esqueci-me de lhe perguntar: o fato de você dirigir bastante faz de você um engenheiro de tráfego?

Um abraço.
U Demulidor.

P.S. Não fique magoado, estamos numa democracia e temos o direito de expressar nossas opiniões.

Anônimo disse...

Esse blog está igual a gravação do PlebeRude3. Nada de novo, cada um com uma idéia sem cabeça, sem concenso. Um saco.
X, desliga logo!

Paulo Henrique disse...

Já expliquei e ponto final. Tô cansado de corrigir gente que falar merda. Txál

Anônimo disse...

Quase me esqueço. Também não apoio Arruda porque ele foi um dos que fez a nota falsa tentando inocentar Cóllor antes de ser Impeachmado. Tá no site do governo.

Renata disse...

Os rapazes estão se estapeando nas vias virtuais, imagina se morassem em SP, onde tudo é absolutamente caótico. Há alguns anos foram criados corredores de ônibus e um sistema de integração de transportes. Com o 'bilhete único' as pessoas podem pegar até 4 ônibus no intervalo de 2hs pagando apenas uma passagem de R$2,30. Se precisar, além do ônibus, de metrô, se paga apenas R$1,20, ao invés da passagem integral. O sistema é ótimo, democratizou o metrô (que não passa por toda a cidade) e os ônibus acabam se livrando do trânsito causado pelos automóveis, já que nas vias principais tem o corredor. O problema é a quantidade. A de pessoas é muito superior à capacidade do transporte público em geral. Conclusão: as pessoas têm que sair de casa mais cedo do que realmente precisariam, já que é necessário esperar uns 3 ônibus passarem pra poder entrar em um sem ficar pendurado na porta. E o metrô então... dá tristeza em pensar no metrô no horário de pico.
Isso sem contar a falta de educação generalizada. A solução que o povo acaba encontrando pra fujir disso é o paliativo de ter seu próprio carro, pra não se estressar antes mesmo do dia de trabalho. Eu realmente espero não estar na cidade no dia 15 de novembro de 2014....

Anônimo disse...

Me solidarizo com a Renata.
Essas discussões mostram que devemos pensar melhor nas consequências desse tipo de desenvolvimento que estão nos oferecendo, "aquecimento, falta d`água, lixo..." e o pior: a falta de opção, por falta de informação e que nos faz pactuar com a situação, sem perceber.

Anônimo disse...

Marcus Marcal,

Vai tomar no seu cú!

Anônimo disse...

Renata,

Para mim, a questão não é decidir se vai ampliar as vias, para melhorar o fluxo dos carros, ou se vai colocar metrô ou transporte publico de boa qualidade. Tem que haver as duas coisas juntas.

O correto é haver as duas opções: andar de carro em vias decentes ou usar transporte publico tambem decente.

Em Londres, por exemplo, ninguem usa carro atôa. Todo mundo usa o metrô. Vc entra no buraco do metrô e sai em qualquer lugar da cidade, do pais, da Europa e do mundo (conecta com trens e aeroportos). É bem mais rapido, mais barato e menos cansativo do que usar o carro.

Mas para quem quer andar de carro, existe essa opção tambem. É só pagar o estacionamento, o pedagio e etc. As ruas são otimas, o transito é bem civilizado.

Outro exemplo bacana, de primeiro mundo mesmo, é o esquema escandinavo de aluguel de carro por hora. Esses carros de aluguel ficam largados, estacionados pela rua. Se quiser usar algum, é só pagar via celular que ele funciona. Pode custar menos que taxi, pois é o proprio usuário que dirige.

O problema de não ter carro é a dificuldade na hora de fazer compras no supermercado, na hora de ir em algum lugar mais distante e dificil. Então, basta alugar um carro de vez em quando e pronto.

Para bicicletas o esquema de aluguel é de graça, custa no maximo um moedinha. Vc pega a bicicleta num estacionamento e larga no outro. Existem varios pela cidade.

Porém, no Brasil, com essa gente pilantra, agressiva e mal educada, veja alguns comentaristas daqui por exemplo, nada disso daria certo. Primeiro, os mendigos, bebuns e drogados, logo esses iriam dormir e cagar dentro dos carros de aluguel. As bicicletas seriam todas roubadas e/ou destruidas. No minimo acabaria tudo pichado, vandalizado e fodido, como acontece nos orelhões.

José disse...

O modernismo é um estilo arquitetonico totalemnte cafona, obsoleto e ultrapassado. Não deveria ser tombado porra nenhuma. Na Europa essas merdas modernistas estão sendo todas demolidas. As cidades inglesas de modelo modernista, construidas depois da segunda guerra, tipo Brasilia, foram o maior fracasso arquitetonico da historia da humanidade, pois deixa a população deprimida, tem os maiores indices de crime e uso droga do reino unido.

Anônimo disse...

O problema, na verdade, não são bem os carros nem o metrô, mas sim a super população e reprodução indiscriminada.

A população precisa parar de crescer, senão haverá o colapso no transito, haverá a falta de agua, a falta de comida, a falta de gasolina... As favelas nao param de crescer.

O certo é fazer programa de castração. esterilização em massa para zé mané e maria parideira, aqueles que fazem 10 filhos para jogar na rua. Ter filho não é direito nem dever, isso deve ser um privilégio só para aqueles que podem educar.

Essa falta de educação que vemos por aí, isso é resultado da reprodução indiscriminada de gente ignorante e desqualificada. É tanta gente que nem cabe mais no metrô. Agora estão todos comprando carro. As ruas estão entupidas

Anônimo disse...

PH,

Reli a sua critica e vi que não era tão agressiva assim. Peço desculpas e, então, resolvo responder:

Reformar as ruas de Brasília? Tá ótima do jeito que tá.

Se comparado com as cidades bacanas que eu conheci, acho que está uma merda. Claro que, se for comparar com cidade fodida, pode ser até bom.

Eu diria que as comerciais da 106/105, 107/108 e etc, vivem congestionadas por causa do mercado persa, onde todo mundo estaciona na fila dupla. Ainda sufocam o fluxo ainda mais com sinal, faixa de pedreste, flanelinha, carroça de cavalo, caminhão da Coca Cola e etc.

Os eixinhos são 4 merdas de duas pistas cada, cheias de onibus fechando e abalroando neguinho.

Brasília é a cidade mais fácil de se movimentar.

Essa afirmação é uma generalização total. Mais facil que o que? Voce compara Brasilia com qual cidade?

Devia é melhorar o transporte.

TAMBEM, não apenas. Não é porque vc não dirige que os carros devem ser condenados a se foder. Meio tendenciosa essa sua opinião.

Mão única?! This is madness!!! Ia aumentar absurdamente o percurso pra chegar nos lugares.

Depende. Para alguns lugares isso iria encurtar.

Fundo de comercial não tem estacionamento. Talvez tenha confundido com as vagas de estacionamento (que não tem árvore nenhuma) EM FRENTE às lojas, e todas elas são permitidas.

Esse que é o probelma: NAO TEM. É essa mentalidade rigida, inflexivel e intransigente do tombamento, que "não pode", que "não é permitido", que faz Brasilia ficar engessada nesse modernismo de terceiro mundo, no maior bundalalê, com direito a favela, carroça, puxadinho e invasão.

Se fosse eu, mandava pavimentar os gramados já todos fodidos nos fundos das comerciais, com tijolo ecologico que absorvesse a agua, mantendo as arvores, colocando assim um limite claro e definido nos puxadinhos e invasões escrotas nos fundos das comerciais. A atual parte de tras passaria a ser a frente do comercio. Cada um que se vire na fachada da loja.

Na parte detras haveria um muro, podendo os comerciantes expandirem até lá, onde antes havia o antigo estacionamento de merda.

Uma passagem subterranea acabaria com o sinal e faixa de pedestre, ligando uma comercial a outra.

Burrice é transformar os 4 eixos em 2. Cada um deles leva pra um lugar diferente, eles não são simplesmente ruas retas que levam pro mesmo lugar...

Sua imaginação é muito fraca. Claro que o transito da cidade toda deveria ser mexido, haveriam novos viadutos e tuneis na saida sul e norte.


O eixo W leva pra W3/Setor Policial (caso seja Asa Sul). O Eixo L leva pra L2. O Eixão é pra sair da cidade.

Isso tudo pode ser mudado ou não. Basta destravar essa mentalidade engessada do tombamento bundão.

Pra atravessar as 4 ruas existem túneis da cada duas quadras (apesar de estarem em más condições e habitados por mendigos à noite).

Esses tuneis deveriam ser ampliados e conectados ao metrô. Muitos outros tuneis deveriam ser feitos. Se fosse eu, meteria muros e mureta nos eixos, para ninguem poder atravessar, obrigando o povo de má educação a usar as passagens.

Ciclovia em Brasília é difícil construir apesar de ser necessário. Só tem rua e calçada, sem espaço pra ciclovia.

Basta juntar os eixinhos e extinguir as tesourinhas de dentro das quadras. Haveria assim uma ciclovia da 102/202 até a 116/216. Poderia até haver uma ligação entre asa sul e norte, passando em frente a conjunto nacional e conic.

Claro que teria que mexer em muita coisa e alguns tuneis e viadutos deveriam ser construidos.

Ainda bem que existe Parque da Cidade e aos Domingos o Eixão é fechado até as 6 da tarde para ciclistas e pedestres.

Esse negocio usar o eixão como parque, para correr e passear em meio a carros em alta velocidade, ou mesmo fechado, isso é coisa que africano maluco subdesenvolvido, daqueles que vivem em beira de estrada e na casa do caralho. Isso é ridiculo.

Esse costume do eixão persiste como um grito desesperado de quem não tem parque, ciclovia nem track decente para ir. Tem que ficar no meio da estrada.

O caso dos carroceiros acontece porque muita gente principalmente do Nordeste vem morar na Capital(muitos vêm a pé) com esperança de melhorar a vida, mas quando chegam no Plano e se dão conta de que não tem como arrumar casa e ficam na rua mesmo ou vão pras cidades satélites.

Ora, e daí? Isso é desculpa para sacanear cavalo e atrapalhar o transito de Brasilia? Justifica alguma coisa?

Eu acho que não. Eu acho que ser pobre não justifica porra nenhuma, muito pelo contrario. Essa onda de usar a pobreza como desculpa para abusar e fazer merda, essa é a famosa falacia Ad Lazarus. Isso é mais velho que o rascunho da biblia.

Os 4 Eixo cheios de ônibus?! Eixo central e eixo W/L são os que menos passam ônibus. Eles passam mais na W3 e na L2.

Os onibus passariam para o eixão central, ficando longe dos predios a beira dos novos eixos L e W, levando o esporro dos coletivos para o mais longe possivel.

As ruas que dão acesso a Brasília são bem asfaltadas e não passa tanto ônibus assim.

O que? Eu discordo.

A rodoferroviária daqui é um lixo. Não deviam melhorar, mas sim constuir outra!!!

Nisso eu concordo.

Esses playboys são foda mesmo. Enchem a cara e saem a 120 no eixo. Todo dia tem acidente. Mas essa história de motorista lento não tem anda a vaer. O limite de velocidade nos eixos é 80 km, mas todo mundo ultrapassa isso, dando a sensação de que quem está no limite de velocidade é lento. E se o carro está lento ele não tem que acelerar, é o apressadinho que tem que reduzir.

Não é bem assim. Para mim, o certo é todo mundo andar proximo a velocidade limite, NA DIREITA. Se houver alguem lento a sua frente, então olhe bem para tras, veja se não vem playboy ou motoqueiro, e mude para ESQUERDA (Somente para ultrapassagens).

Porém, as antas insistem em andar devagar e desatentas, falando no celular, sem olhar para tras, na pista da ESQUERDA, pista essa que deveria ser apenas para ultrapassagem.

Essa é a goianificação que eu me refiro, pois em goiania ninguem respeita faixa da esquerda ou da direita. É um transito muito doido.

Então, quando a anta está da pista da ESQUERDA, ela tem que sair da frente e permitir sim a ultrapassagem dos outros.

Ultrapassar pela direita é proibido e ilegal. A pessoa que dirige devagar tambem precisa, para o seu proprio bem, respeitar e permitir a ultrpassagem daqueles que vem mais rapido. É preciso andar sempre na pista da DIREITA. Ninguem é dono da rua, nem a anta nem o playboy.

Resumindo, o trânsito tá ruim porque o transporte público também está, conseqüentemente todo mundo compra carro, as ruas estão cheias demais e os motoristas são imprudentes.

Não é só isso. É preciso haver reformas e modernizações. Caso contrario, com o crescimento populacional que não para, haverá colapso e vexame na copa.

Todas as cidades que cresceram tiveram que se expandir e se modernizar, não só no transporte publico, mas tambem nas vias e no transito.

Anônimo disse...

Caro Anônimo que releu a crítica do Paulo Henrique após dizer que o assunto estava encerrado:

Achei lindo você reconhecer que a crítica não foi tão ofensiva assim. Raramente as pessoas param para pensar no que disseram e voltam atrás. Espetacular! Espero que você continue assim.

Um abraço.
U Demulidor.

P.S. Onde você está dirigindo hoje? Kiev? Madagascar? Ceilândia?

Anônimo disse...

Falei com o PH, não falei com vc.

Desista. Os seus comentários eu não leio.

Anônimo disse...

X, nao tem como banir esse anonimo Quiloton, nao? cara mais chato....parece uma tia velha resmungona.

dunha disse...

pode crer, esse cara é chato pra caralho!

Anônimo disse...

Dunha e Anônimo,

A quem vocês estão se referindo quando dizem Anônimo Quiloton?

Anônimo disse...

Sou radicalmente contra extingüir qualquer pessoa que emita suas opiniões nesse blog. Precisamos aprender a conviver com pessoas de pensamentos diferentes. Esse Demolidor está de gozação com vocês. Só há duas posições a adotar: ou ignorá-lo ou ficar indignado toda vez em que ele publicar um comentário. Mas tomar a atitude de solicitar a exclusão de seus comentários é algo preconceituoso. Ignorem o sujeito!!!

Além do mais, são comentários do tipo do Demolidor que trazem graça a algumas discussões. Se vocês notarem os comentários na publicação da foto da moça pelada com maçã na boca em pleno dia de Natal - o que para mim é um grande desrespeito com o significado da data -, verão que houve (ou houveram como alguns têm escrito de forma errada e não têm percebido a gritante distorção do vernáculo) opiniões as mais diversas. Alguns acharam genial, outros não gostaram. Mas ninguém pediu para excluir pessoas. Hitler, Mussolini e alguns outros começaram assim e vejam o fim que deram a muitas vidas ao longo de suas histórias.

Portanto, sugiro que ignoremos os comentários do Demolidor. Se ficarmos indignados com o sujeito, vamos expressar isso, mas sem exclusões, por favor.

Aproveito o ensejo para desejar a todos um Feliz Ano Novo, cheio de paz e disposição para todos.

Feliciano Pessoa

Ellen Petersen disse...

É por essas e outras discussões pequenas e infantis, que os leitores que verdadeiramente gostam de participar do blog se afastam. Às vezes o objetivo é só acrescentar uma opinião, mas infelizmente algumas pessoas não alcançam isso. Não interessa se é Paulo Henrique, Quiloton, Dunha, Demolidor, Zezinho ou Juquinha. Acho que todos aqui tem idade suficiente para conviver civilizadamente. Vamos parar e pensar um pouco: o clima no blog está ficando cada vez mais desagradável. Não sou a dona da verdade, tampouco do blog, mas acredito que a união pode confluir muito mais do que a discórdia. Paz, por favor.

Anônimo disse...

Uma pausa aí nas divergências dos egos!!
Dêem uma passada no site aí em baixo e divirtam-se:

http://fantastico.globo.com/Jornalismo/Fantastico/0,,9340,00.html

Anônimo disse...

Corrigindo:

http://fantastico.globo.com/Jornalismo/Fantastico/0,,9340,00.html

Anônimo disse...

Ao endereço anterior, insira este final:

/Fantastico/0,,9340,00.html

Paulo Henrique disse...

Respeitar opinião dos outros tudo bem, mas eu não admito alienação. Se ninguém disser que algo tá erradíssimo, quem leu vai aceitar como verdade, pois quem cala consente. Vira e mexe vejo sites de gente "expressando a opinião" dizendo que uma guerra envolvendo a América Latina pode acontecer a qualquer momento ou que PT e PSDB se revesam no poder.

Ellen Petersen disse...

Paulo Henrique,
em momento algum foi citado que não se pode opinar, descambando pra alienação. Você e os demais supramencionados são capazes de uma perfomance muito melhor, você sabe disso. Inteligência é o que sobra por aqui.

Anônimo disse...

Sra. ou Srta. Ellen Pettersen,

Para falar a verdade, pela primeira vez achei o blog interessante. Normalmente, eu apenas dava uma olhadinha de leve, pois o achava muito chato. É terrível um roqueiro quarentão tentar dar uma de homem-cultura.
Fazia tempo que não víamos pessoas anônimas discutirem. Também fazia tempo que não surgiam tantos comentários. Basta você analisar a quantidade de comentários. Além do mais, os rapazes estão fazendo o melhor que podem. Você sabe como os homens são sensíveis e odeiam que alguém discorde da opinião deles... Basta você olhar o apelido que o sujeito utilizou: Demolidor. Deve ser um sujeito inseguro que se acha um conquistador, um gentleman. No fundo, deve ser um adolescente no melhor estilo Espinha e Fimose (www.charges.com.br), que não tem o que fazer. Então, sua afirmação sobre idade pode não ser satisfatória. Você não sabe a idade de nenhum dos garotos. Só dá para estimar a idade de um deles que dirige há mais de 30 anos. Esse deve ter uns 50 ou mais. Mas ele é incoerente. Ele diz que não vai ler comentários das pessoas e acaba lendo, relendo e, em seguida, respondendo que não vai mais responder. É a contradição em pessoa.

Bem, espero que você não tenha ficado chateada com meu comentário. Foi só para elucidar...

Suely

Ellen Petersen disse...

Suely,
A sua opinião procede, mas você há de convir que não citei a real faixa etária de nenhum dos participantes, muito menos quis minimizá-los com isso. Apenas observei que a conversa ficou mais ofensiva (e infantil) lá pela metade. Quando mencionei a palavra "performance", fui muito clara na minha colocação, em que eles poderiam ter opiniões diferentes, embora construtivas. Sem agressividade gratuita.
Não me sinto ofendida com a sua opinião, pois tudo é válido para aprendizagem. O que eu discordo é ver tanta gente deste blog que dá um show de inteligência, se prendendo a picuinhas baratas. Esta é a minha opinião.

Anônimo disse...

Oi X,

Desafoga esse trânsito, o sinal já abriu!

posta outra idéia ...

Anônimo disse...

Só dá para estimar a idade de um deles que dirige há mais de 30 anos. Esse deve ter uns 50 ou mais. Mas ele é incoerente. Ele diz que não vai ler comentários das pessoas e acaba lendo, relendo e, em seguida, respondendo que não vai mais responder. É a contradição em pessoa.

Cara Suely "Demulidora",

Dirijo desde os 8 anos de idade. Acredite se quiser. Com 16 anos eu já possuia o meu proprio carro. Tambem fui kartista. Trabalhei com uma equipe que foi campeã sul americana de formula 3.

Sobre a incoerencia, eu apenas não leio a opinião do "demulidor". Os outros eu leio sim. Com o Paulo Henrique eu li e respeitei. Pedi desculpas e debati numa boa.

Deixo de ler e reler somente as opiniões do "Demulidor". Com ele não tem conversa.

Sei quem é o sujeito "Demulidor". Conheço o estilo do meliante. Sei que ele está aqui apenas para encher o saco de quem desafia a "liderança" dele. O cara deve me admirar muito,pois, para tudo que eu escrevo, ele sempre vem me atacar. Isso é medo.

Sei tambem que vc pode ser ele. O seu cacoete, esse papo de "incoerencia", isso é bem suspeito. Está repetindo os cliches do meliante. Pois somente ele me ataca por aqui. O mané tem mil caras, falsifica o nome dos outros. Só o André sabe o IP de todo mundo aqui. Ele sabe quem é quem.

O fato é que alguns aqui ficam brincando de cabra cega. Não conhecem as pessoas, interpretam as as coisas de acordo com os proprios preconceitos e depois escrevem merda.

E a minha opinião é essa mesmo. Se gostarem é otimo, mas se não gostarem então foda-se:

Brasilia é uma bosta! O tombamento da cidade só funciona contra as melhorias. Para as invasões, burrices e puxadinhos, para isso o tombamento não existe.

Anônimo disse...

Banir o Quiloton? HAHAHA O babaca está mais perdido do que cego em tiroteio.

Ora, quem deve ser banido é aquele que ameaçava matar o "guru do metal" e Carlos Rato Rude. Quem tem que se foder é aquele que chamava as pessoas de "vacas gordas", que puxava o saco do X o chamando de "Divino".

Quem deve ser desmascarado e expulso é aquele que é rosqueiro, que tem uma bandinha bunda mole e fica usando esse espaço para divulgar a musiquinha bosta dele, pois no Blog desse cara não tem comentario nenhum. O troço vive as moscas.

Eu e o X conhecemos bem o estilo do meliante. Ele é que deve ser banido, pois já aprontou muita merda por aqui. O cara é um covarde, pois falsifica nomes das pessoas, troca de cara o tempo todo e nunca assume quem ele realmente é.

Anônimo disse...

Ellen,

Como sendo a mulher mais bonita e inteligente desse blog, além de participar há um bom tempo, vc sabe muito bem de onde vem essa "agressividade gratuita". Vc sabe quem é que fica atacando os outros por aqui.

Não se engane. Essa tal de Suely, que nunca apareceu aqui, só resolveu aparecer agora, essa pode ser o "Demulidor. Observe o vocabulario, o estilo...

Anônimo disse...

Paulo Henrique,

Parece que estou enganado sobre vc. Parece que é outro babaca. De agora em diante, será ignorado ou rebatido com rigor. Arrumou um inimigo de graça.

Anônimo disse...

Os calos do Demulidor são os mesmo da Suely. Seria isso mais um disfarce transexual daquele antigo babaca?

Chupetão disse...

Cambada de otario mesmo. Nao ta vendo que eh o demulidor? tem que ter um jeito de tirar esse babaca dai!