quinta-feira, novembro 16, 2006

Contos Infantis

Tenho lido várias histórias infantis para a Ana ultimamente e alguma coisa nelas tem me incomodado. Nem todas têm uma lição de moral que, na primeira leitura, parecem ter.

Um exemplo disso é a lenda da corrida entre a lebre e a tartaruga. Rapidamente, o que se passa é que os dois bichos apostam uma corrida que, a primeira vista, é vitória certa da lebre. Acontece que a tartaruga tem um monte de irmãos parecidos que ficam posicionados estrategicamente no percurso e aparecem sempre à frente do coelho, que, ultimamente perde. Só que a tartaruga roubou!! Ela usou clones para estar na frente, enganando a lebre. Que lição horrível para nossos filhos! Praticamente estamos falando que é ok fazer de tudo para vencer. A lebre, coitada, se esforçou, honestamente, para ganhar. Além disso, vivia treinando e estando em forma. A tartaruga, por outro lado, era preguiçosa e sedentária, não merecia ganhar. Se fosse a vida real, estaria expulsa do time de atletismo por fraudar os resultados.

Outra história que me incomoda é a dos cabritos e o lobo. Resumindo, tem um lobo que mora num terreno, com grama cuidada e aparada, onde também tem uma fonte de água limpa. Os cabritos comem a grama e quando vão beber a água, o lobo aparece e quer comê-los. O cabrito pequeno implora para não ser devorado, justificando que é muito pequeno e que o irmão é maior. O lobo cai nessa e vai deixando todos passarem, até que o cabrito grande e forte mata o lobo. Primeiro, isso ensina que é legal entregar os irmãos. Ensina o denuncionismo. Outra coisa que acho sacanagem é que eles invadem o terreno do lobo, matam ele e se apoderam da terra. Uma ação das mais vis, típica de movimentos tipo MST.

E a história dos três porquinhos? Essa todos conhecem. Mas eu conto da forma como ela realmente aconteceu. Foi assim: os porcos não tinham onde morar, eram uns vagabundos e não trabalhavam. Então o primeiro, o mais pode-crer, maconheiro naturalista, invade a mata e constrói uma casa de palha, que ele puxou de umas árvores em extinção. O lobo, querendo o bem do meio-ambiente, não podia deixar aquilo permanecer e foi lá tirar satisfação, em nome dos outros animais que vivam naquela área de preservação. Foi mal recebido e teve que botar a construção abaixo. Então o porco saiu correndo e ser refugiou na casa do irmão, que tinha construído de madeira oriunda de um desmatamento ilegal. O lobo foi lá e fez justiça, mesmo sabendo que o madeireiros são protegidos do PT. Os dois irmãos tiveram que se acomodar na casa do mais velho, que era engenheiro e tinha construído uma mega-casa num condomínio irregular, em terras públicas. O lobo não teve opção, pegou um trator, botou a casa abaixo, obrigou o porco a pagar o IPTU atrasado e fez uma bela porção de bacon com os três porquinhos. É assim que conto para a Ana, acho mais educativo.

Acho que vou começar a ler outro tipo de coisa para ela, um conto mais lúdico e impossível, tipo o programa de governo do Lula.

6 comentários:

Giuliano, o cara dos filmes disse...

Hahahahaha essa foi boa!
Cara, conta a da cigarra e da formiga assim: tinha uma formiga que só pensava em trabalhar e a cigarra que queria cantar. Um ano depois elas se encontraram, a formiga ralando pra caramba (como sempre), a cigarra tava de passagem, ia fazer uma turnê pela europa e depois gravar um disco na abbey road, ia participar de um filme sobre os ramones e tirar férias no taiti. A formiga disse pra cigarra: vai passar pela frança? Se encontrar o La Fontaine manda ele pra P.Q.P.!

http://canal.podcast1.com.br/telhadearanha disse...

E não esquece de contar pra menina que um dos três porquinhos era boiola.

Farinha disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKK
Esse texto concorre a "Melhor do ano!". Muito bom!!!

Daniel - Plebe na pele

HENRIQUE ALENCAR disse...

O mundo é dos espertos !

Não que eu concorde, mas infelizmente é a realidade !!!

Paulo Henrique disse...

Isso me lembra um quadrinho do Níquel Náusea (Love it!). Montando uma história com ele: "...A lebre venceu a corrida. Achando que foi injustiçada, a tartaruga resolve apostar outra corrida..." http://www.hikawa.com.br/img2/niqu04102003.gif

*Me disseram que vai passar algo sobre The Clash na Play TV Domingo.

FernandoSP disse...

Ema...Ema...ema...como é o nome da parte branca do ovo??? Ou mesmo...
Ouça o que digo...não faça o que eu faço????

Fala Andrézão!!
Loco isso né...esses lances de conto de fabula... Mitos gregos.... como sabemos sempre foram instrumentos utilizados pela ordem vigente pra controlar as massa!! Ou seja...toda historia infantil ou não, sempre tem uma "moral da historia" ... essa bendita moral que como dizia o Renato russo, "pra quem estudou" sabe que moral nada mais é do que um regra estabelecida por um grupo social pra controlar o mesmo!!
E pra que serve isso tudo....porra a melhor maneira de controlar alguem é faze-la pensar como eu quero!!! Tiro dela o direito de concluir com seus proprios pensamentos e ptos de vista e e induzo-a a pensar como eu quero!!

Cuidado meu velho!! Sou teu Fã pra kct...mas ando meio preocupado com alguns dos seus textos, principalmente os que falam de politica!!!
Será impressão minha ou "aquele garoto q ia mudar o mundo " com o ideario punk, que bradava e brada contra o conformismo de nossa sociedade anda olhando o lado antes combatiddo com olhos de admiração???

Pow Andrezão!!! Já li aqui textos que vc flertava com o Coroner do Condato de Santa Catarina, Doutor, Senhorzinho, Coronér, Patrão "Jorge Bornhausen"...tecendo varios elogios ao tipo de oposição feita por esse nefasto!!

Agora atacar o MST...que apesar de todos os pesares... tem em sua origem o mesmo ideal que a Plebe sempre Pregou...e Prega em suas letras (pelo menos é isso que eu vejo, espero naum ter frustado minha infancia e adolescencia) - a luta pelo seus ideais..."tomar a frente "...não aceitar a " má distribuição"...."não aceitar a "pressão social " que quer e eu seja o que foi determinado!!!

Mas em seu ultimo texto...fica claro a sua posição contra esse tipo de atitude...pregando que o bonzinho ou correto da historia é o Lobo...que nada mais é que um dos herdeiro de mais uma das tantas Capitanias Hereditarias...terras griladas....e usurpadas...sempre em locais previlegiados... sobrando pros cabrito e seus herdeiros...apenas a parte seca de uma terra tão rica e farta!!! E qdo esses se revoltam e lutam contra a "má distribuição" e "toma a frente antes que a frente tome eles".....são criticados, e tachados de "ladõres" ....no mesmo estilo "Esopo" de criar: "moral da historia", do ponto que eu vejo, e que quero que vejam!!!

Sei lá cara, acho que da maneira como vc colocou...algumas regras naum devem ser mudadas...pricipalmente se elas afetam o interesse de alguem mais poderoso!!

É meu Caro. sei lá...tá esquisito!!! Ou será q eu q não to entendendo a "moral da historia"!!

Abração!!!

Nos trombamos na sexta no sesc pompeia!!!