segunda-feira, outubro 02, 2006

Faustão Plebeu

Quando a Plebe Rude recebeu o disco de ouro pelas mais de cem mil cópias vendidas do Concreto Já Rachou, a EMI queria que a gente fosse recebê-lo no programa do Charcrinha. Obviamente, a gente tinha outra idéia, receber no disco no Perdidos na Noite, programa comandado pelo Fausto Silva na Bandeirantes. O programa era bem tosco, improvisado e tinha um status cult que o tornava o lugar ideal para comemorar esse prêmio. A gravadora não entendeu nada, mas acabou cedendo.

Duas décadas depois, a gente manda uma cópia do R ao Contrário para o Faustão, assim como fizemos com todos que nos têm dado força nesses últimos anos. Não é que o cara se lembra, leva a cópia dele para a TV e, faz aquele anúncio que muito viram e outros tantos estão comentando. Não foi nada planejado, não teve jabá por trás, foi iniciativa do próprio apresentador. Fomos pegos de surpresa. Bacana isso, sem usar a força de gravadoras, sem puxar o saco, conseguimos, pela própria história da banda, aparecer no horário nobre dominical da TV brasileira.

O Cólera, quando apareceu no programa da Regina Casé tocando Pela Paz em Todo Mundo, foi duramente criticado pela galera. O Redson, comentando o fato durante a entrevista coletiva do Porão do Rock, mandou bem. Falou que quer o Cólera tocando em tudo quanto é lugar, desde que não tenha que mudar seu estilo. Disse, também, que não quer ser um fusca a vida toda, mas sim um Ferrari. É isso mesmo, vamos sair dos guetos e mostrar a cara.

Isso tudo, só para evitar aquelas críticas de vendidos, traidores, etc., que certamente virão quando a Plebe aparecer em programas populares. Prestem bem atenção, será a mesma Plebe, tocando as mesmas músicas. Conformar para deformar.

30 comentários:

renato lbo disse...

[ironia on]

Plebe Rude, seus traidores do movimento.

Não traiam o sistema, continuem tocando só na sua garagem. Banda boa é aquela que só eu sei que existe, se o meu vizinho também conhece então só pode ser uma bosta.

[/ironia]

Fábio disse...

Putz, perdi isso. Realmente me surpreenderia em ver a Plebe tocando no programa dele.

Não porque eu ache traição, mas a impressão que se tem é que ali só se toca com jabá (que aliás deve ser altíssimo).

Agora com jabá ou sem jabá o playback é inevitável. Nem precisa levar o cabo do baixo.

E o Lula, hein. Sifu. Bem feito, kkkkk

renato lbo disse...

Fabio, O Lula não sifu ainda. Só meio caminho andado ainda. Vai ter que sifu no segundo turno também, senão não adianta nada.

André X disse...

O jabá, de uma forma ou outra, foi contornado pelo improviso do Faustão. Não tinha nada no script dele fazer aquele marketing, fez porque gosta da Plebe. Imagino o pessoal do departamento comercial da Globo puxando os cabelos, tentando ver como que aquilo aconteceu. E já que ele prometeu a gente lá, ao vivo, terão que cumprir, he he he. E sem jabá!

A razão que eu queria segundo turno é porque força os candidatos a debaterem seus programas, um contra o outro. Esse formato é intressante, pois elucida o eleitor quanto à postura e ao programa de cada um, dando mais material para tomarem a respectiva decisão. Mas não se iludam, quem ganhar, vai ter que governar com essa merda de Congresso, com Maluf, Clodovil, Roriz, Sarney, etc etc... coisa que certamente vai paralizar qualquer tentativa interessante de avançar com esse país.

Fabiano disse...

O Faustão pode ser chato, mas ele sempre deu força às bandas que estão recomeçando. Isso eu tenho reparado nos programas dele.

Digão plebeu disse...

oi André blz? cara fico feliz com esta notícia,nem sabia que aquele gordo chato serviria pra alguma coisa..mas se soubesse teria assistido o programa dele ao domingo,adnré acho legal vcs irem a midia e não acho isso traição de movimento ao contrario dos mais radicais pensam,apenas quero alertar que caso vcs realmente tocarem naquela bosta daquele programa,não façam nada pra puxar o saco daquele gordo e daqueles artistar hipócritas que vão la,e sim falem o que derem na teia sem medo do julgamento mas sim conciente,e outra coisa se ele pedir pra vcs tocarem sucessos antigos apenas toquem as musicas novas se não vai ficar aquela coisa de a plebe to até quando esperar pro povo se lembrar,não façam isso,toquem sim até quando mais priorizem outras musicas,sucesso cara te curto

CÍCERO disse...

QUE VAI SER FODA, VER AQUELES IDIOTAS DA PLATÉIA BATENDO PALMA SEM SABER NEM DO QUE SE TRATA A LETRA DA PLEBE VAI...

Vagner disse...

Tenho gravado em uma fita K7 a apresentação da Plebe no Perdidos na noite em Dezembro de 1986.

Dá pra perceber que o Faustão gostava muito da banda, principalmente do Philliphe.

Hoje, o programa do Faustão é bem diferente do daquela época. Naquele momento vi bandas como Cólera, Garotos Podres e Mercenárias se apresentarem sem nenhuma interferência da emissora ou do apresentador.

Tanto é assim que numa das apresentações da Plebe no Perdidos, tocaram Proteção com aquela versão Funk com direito a "tome guaraná, suco de caju" e "bichos escrotos" como músicas incidentais. Aí houve um momento inusitado: o Philliphe pensou que a apresentação era ao vivo para todo o Brasil, e naquela parte do "oncinha pintada, zebrinha listrada, coelhinho peludo; Vão se fudê" ouviu-se um sonoro "piiiiii" da censura da época. E ainda ele completou: "a gente acaba de driblar a grande censura nacional !".

Vagner disse...

Tenho gravado em uma fita K7 a apresentação da Plebe no Perdidos na noite em Dezembro de 1986.

Dá pra perceber que o Faustão gostava muito da banda, principalmente do Philliphe.

Hoje, o programa do Faustão é bem diferente do daquela época. Naquele momento vi bandas como Cólera, Garotos Podres e Mercenárias se apresentarem sem nenhuma interferência da emissora ou do apresentador.

Tanto é assim que numa das apresentações da Plebe no Perdidos, tocaram Proteção com aquela versão Funk com direito a "tome guaraná, suco de caju" e "bichos escrotos" como músicas incidentais. Aí houve um momento inusitado: o Philliphe pensou que a apresentação era ao vivo para todo o Brasil, e naquela parte do "oncinha pintada, zebrinha listrada, coelhinho peludo; Vão se fudê" ouviu-se um sonoro "piiiiii" da censura da época. E ainda ele completou: "a gente acaba de driblar a grande censura nacional !".

Walter disse...

André, uma pergunta:
você falou que a Plebe poderia ir a programas populares, mas, por exemplo, se pintasse um convite do DOMINGO LEGAL, poderíamos ver a Plebe lá, ao lado de GUGU?

Sobre o Fautão seria meio "estranho" ver a Plebe tocando playback com aquelas bailarinas e sua coreografias ridículas...rs...Fico só imaginando qual seria a coreografia para "Voto em Branco".

Walter disse...

ah, sobre a eleição, não entendo esta mobilização, esta onda anti-lula que está rolando por aqui. É só ver:

LULA = GERALDO ALCKMIN = FHC

tudo a mesma coisa...

André X disse...

A Plebe já fez Bolinha e Raul Gil. Nossa avaliação foi que não serviu como divulgação, pois não atingiu o nosso público, nem nosso público-a-ser. Então, convite do Gugu, só se estiver dentro de um contexto no qual a Plebe se insira, se não, negativo.

Pelo que consta, o Faustão é ao vivo, não playback.

Anônimo disse...

Pois é! Segundo turno aí, vai ser uma escolha entre nada e coisa nenhuma, mas foi bom...Acho que o Lula leva,mas valeu por manter a insegurança nele.O foda é que realmente vai rolar aquele congresso"pior impossível", puts hoje eu senti vergonha de ser paulista, como é que alguém elege Maluf cara?não vou entender nunca!
Por outro lado:PFL caiu na Bahia, tá certo que cedeu lugar pro PT, mas só de o povo ter tirado um cabresto que durava 16 anos eu já fiquei bem feliz, ACM deve estar morrendo cara!

Ester disse...

Continuando...Quanto a tocar no Faustão, nada a ver com traição, não acho que vá atingir bem o público alvo, mas achei muito legal da parte do gordo fazer propaganda da banda, ele fez porque gosta, e isso demonstra que atrás do apresentador do programa "bobo de domingo" tem um "ser pensante".Agora no domingo legal...na boa ía ser muito estranho, o programa não tem contexto de nada com nada.Se a Plebe fosse lá pelo menos iam poder dizer que um dia fizeram um programa decente!

Dinho disse...

Eu prefiro que toque no faustão do que no programa do retardado do joão gordo.
Por falar em gordo, ia ser legal ir de novo no Jô, Serginho, tb no raul gil, etc.
André, pq vcs nunca aceitaram colocar musica em novela?
E nao é incoerente uma banda que proibiu ate musica sua em novela e outras medidas radicais, deixar que coloquem uma participação do Marcelo D2?

Ricardo Calixto disse...

André a plebe e as bandas de brasília foram citadas no dvd Botinada - História do punk brasileiro concebida pelo ex vj da mtv Gastão Moreira!!??? O que vc achou do documentário!!!???

Jairo disse...

Fala, André!
Infelizmente aqui no Amapá, o Sarney continua sendo senador, mas de consolo sabemos que um dia ele vai sair. O problema é quando.
Mas mudando de assunto, gostei do Faustão ter se lembrado da Plebe, pois eu pensava que ele tivesse esquecido ate de vocês, já que a fama deve ter subido a cabeça dele há tempos.
Tomara que vocês toquem logo lá (sucessos antigos e novos). Já estou espalhando a Plebe para os meus colegas da escola. Emprestei os CD’s que eu tenho (Concreto, Enquanto, Para Sempre e Identidade) a eles e gostaram muito do que ouviram. Quem sabe não surge um fã-clube da Plebe aqui.
Falando em CD, eu já encomendei o meu R Ao Contrário pela Internet. Agora é só esperar alguns dias e quando ele chegar...Vou ouvi-lo com o volume alto pra p...
OBS: A letra de Minha Renda continua atualíssima pra caramba, mas vocês poderiam modificá-la um pouco: trocar a frase “Estar no Chacrinha ou na Televisão” para “Tocar na TV, seja Gugu ou Faustão”, já que a maioria dos cantores que vão pra lá se vendem pra mídia e só pensam em grana, fama, ...
Abraços!!!!

Anônimo disse...

Foi realmente bacana ver o Faustão dando uma força à Plebe. Que coincidência, quase nunca vejo o programa e, quando vejo, tá lá o novo CD na mão do apresentador. E ele mostrando que entende: falou até da entrada do Clemente.

Estou ansioso para ver a Plebe Rude naquele palco, tocando ao vivo (e assim que as bandas lá se apresentam).

X, se vocês tiverem direito a convidar os fãs a participarem do programa e sobrar um convitezinho, manda pra mim (he, he, he).

Abraços a todos os plebeus, victoRude.

victor_fernandez@ig.com.br

João disse...

Pra quem não era vivo na época: o Perdidos na Noite era um programa cult e o proprio Faustão tambem era cult, pelo menos pros jovens que assistiam, sendo que o publico que ia no programa era basicamente de universitarios. Palavrão era usado como virgula pelo Faustão e lá tocava musica de todo tipo, desde rock até samba. O palco era uma zona, enquanto alguem tocava, já tinha gente se preparando pro proximo atração. Quero ver a Plebe no Domingão do Faustão, sem significar qualquer traição. Se a Plebe tem fã em Macapá, a banda tem que ir tocar lá e ainda falar mal do Sarney.

F3rnando disse...

Acredito que o Faustão virou "selo de porcaria" pq o "padrão globo" começou essa briga por audiência aos domingos com o SBT. Se a gente reparar bem ele dá uns esporros na produção dele de vez em quando, os caras apelam pra umas palhaçadas, metem comercial aproveitando o medidor de audiência e ele fica puto. Querer audiência e baixar a qualidade do programa é o que mata. Isso de ter as coisas lá pra fazer ao vivo é iniciativa do Faustão, se dependesse da produção dele seria outro "Cassino do Chacrinha", cheio de playback e cantor brega. Mesmo assim o Perdidos era anos-luz do Domingão. Aquilo era uma zona!

André X disse...

A vantangem de tocar no Faustão é que o pedido de shows aumenta, com possibilidade de ir até o Amapá conhecer o Jaime, he he he.

Realmente, a nivelação é por baixo na hora de ganha audiência, mas vamos nessa.

Farinha disse...

No Faustão, se a banda quiser, toca ao vivo. Já conversei sobre isso com o Bi Ribeiro dos Paralamas.

Acho q a Plebe tem q ir mesmo. Não vi o Faustão fazendo essa divulgação do CD da Plebe, mas achei uma atitude extremamente interessante e creio q vai ser mto bacana a Plebe ir lá. O q realmente vai doer é ver aquele povo alienado na platéia e a câmera focalizando um cara vestido de superman dançando... dose pra leão.

Não acho q ir lá vai ser traição ao movimento!! MV Bill participoou do Faustão sem ter q mudar nada. Ia ser mto legal ver uma senhora em casa assistindo o Faustão e se perguntando o q aqueles cara querem dizer com "Vote em ninguém". Ideal pro segundo turno!!

Daniel - Plebe na pele

Jacare disse...

Eu vi domingo o Faustão divulgando o CD da Plebe,achei bem legal da parte dele.Eu não acho traição a bando indo tocar lá,acho que tem que ter um divulgação muito boa,desde que siga ,digamos,as diretrizes da banda.De uma forma ou de outra o CD tem que ser divulgado.Não adianta a banda ficar trancada numa garagem e a grande massa não ficar sabendo quase nada sobrea as novidades da banda.Afinal todo mundo tem conta pra pagar.

Mikele disse...

Será q alguem poderia por a divulgacao do faustao no YouTube.
abs

F3rnando disse...

Deixa pro Racionais boicotar grandes meios de comunicação. O Gordo já deu a deixa: Bota o sistema pra te bancar e você continuar chutando a canela dele! Function is the key.

Manuel - Salgado/Sergipe disse...

Chegou o meu R, até que fim.

Hoje um belo vinho, cigarros e R ao contrário!

Lembrnado que aqui em Sergipe também nos livramos do João Alves; Agora é Déda Governador e futuro cadidato a presidente pelo PT.

Recebi a nóticia do Faustão bem na hora que tava votando, claro que terminei de vota e depois atendi.

Midian disse...

é isso aí mesmo, não é trair, nem se vender, se vcs forem os mesmo só terão a ganhar, e o Cólera qd apareceu na Regina foi sensacional!! originais como sempre foram!! o Cólera é a melhor banda q existe, nc se preocuparam com rótulos, fizeram seu caminho e por isso são respeitados, e sempre unidos!!


*ah e frank aguiar tbm ganhou* collor, maluf ** só podem ter enfiado a kbeça no vaso e dado descarga.

F3rnando disse...

Francamente: Collor, Eneas, Clodovil, Celso Russomano e Maluf, todos em Brasília de uma só vez.

Ô parêia!

andré nascimento disse...

so faltou p paulo ricardo

Eliana Plebe Rude disse...

Putz perdi essa força que o Faustão deu.Ah e tomara que realmente tenha Plebe tocando ao vivo.Não importa aonde eu quero é plebe, já ficamos muito tempo sem eles...Plebe na veia!!!