quarta-feira, julho 12, 2006

CBGB: já foi tarde!



Outro dia, num show do Capital Inicial em Brasília, o Dinho estava usando uma camisa do CBGB. Sabe, aquela preta, com as letras brancas, que vem junto com a camisa Jack Daniels em qualquer kit-roqueiro? Ele chegou para a gente e falou: ainda bem que não fechou!

Acho que tenho tendências iconoclastas, mas gosto de ver instituições caindo, símbolos sendo banalizados, heróis sendo desmistificados. Não tenho saudades do passado, quero viver o futuro! E o que mais me incomoda nessa nostalgia dos anos 80s é impor a uma geração nova símbolos velhos, que nada significam para eles.

De quando que é mesmo CBGB? Da década de 70, se não antes. Vinte e poucos anos atrás foi sede do embrião do punk nova-iorquino. Tocaram no seu palco Talking Heads, Ramones, Dead Boys, entre outros. Naquela época, deveria ter sido algo novo, emocionante. Hoje não passa de uma atração turística, tipo Disneylândia para roqueiros saudosos.

Para vocês terem uma idéia, em 1997 fui visitar o Philippe e o Balé que moravam juntos num triplex de 20 metros quadrados em Nova York. Sabem quem estava tocando no CBGB? O Vanilla Ice, sim aquele do Ice Baby! Na época pensei: temos que achar novos símbolos! O rock como a gente conhecia morreu!

E não é que, acessando o site no NME, li que, finalmente, o CBGB vai fechar! O Dinho vai ficar desapontado, mas tenho uma boa notícia para ele: o clube vai ser transferido para Las Vegas. Não, você não leu errado, Las Vegas, aquela cidade no meio do deserto do Arizona, cheia de cassinos e lugares cafonas. Nada mais apropriado para provar minha teoria, o CBGB é coisa do passado, virou uma caricatura de si mesmo.

Lembram o que Las Vegas fez com a carreira do Elvis? Transformou-o em uma aberração-espetáculo para a classe média americana. Conseguiu domar o rebelde. Vai acontecer o mesmo com o CBGB. Mais um dogma quebrado! Que venham os novos!

34 comentários:

HENRIQUE ALENCAR disse...

Bem o CBGB apresentava os Ramones antes mesmo de eles serem conhecidos, tipo início da década de 70, a banda mais ligada aquele lugar são os Ramones.
Lá não foi só o embrião do punk nova-iorquino, e sim mundial, ali que os Ramones foram acelerando o seu velho Rock N' Roll, e o transformando, mesmo sem noção deles, em punk rock, pois eles não tocavam bem, e até o fim da carreira continuaram do mesmo jeito (ainda bem!).

André você diz não ter saudades do passado, mas aí eu te pergunto, você não têm saudades da época em que vc e a “thurma” tocavam nos bares da cidade, só por diversão???

Eu considero o CBGB um marco do punk rock, mas não tenho nem um sentimento por aquele lugar, mas é um lugar “histórico”, é o mesmo do eixo monumental, todos aqueles monumentos, são parte da história de Brasília, mas parar mim não muda em nada minha vida.

Abç a tds ...

André X disse...

Cara, se eu pudesse, tirava a jaqueta-de-força tombamento do Plano Piloto e modificava tudo! Abaixo com os Ministérios! Que a rodoviária se transforme num lugar de lazer, cheio de cinemas, boates, restaurantes, pistas de skates, etc.

Olho com alegria para o passado, mas de forma alguma quero revivê-lo! Imagine se vou querer que o Cafofo não seja destruído só porquê foi lá que o Aborto Elétrico tocou. Ou então que o Só Cana vire meca de roqueiros? Para frente, sempre, transformando estátuas em pó!

João disse...

Tocava muita porcaria no CBGB ultimamente, acho que só faltou o Dinho com o Capital Inicial. Mas se ele for pra Las Vegas ainda consegue tocar lá.

Puxa, como é que o apartamento que o Philippe dividia com o Balé era um triplex e tinha 20 metros quadrados? Isso devia ser um pombal.

André X disse...

E era mesmo. Você entrava, tinha um hall, de um metro por um metro, se isso. Daí subia uns degraus, chegava no cubículo do Balé, mais outros degraus e a área do Philippe. Era pequeno, mas era um triplex! Pelo menos, isso que gabavam. E era super bem localizado.

CÍCERO disse...

O NOME CBGB É IGUAL O NOME RAMONES É DIFICIL NÃO CONCILIAR UM COM OUTRO

Anônimo disse...

André, que fim deu o Murilo Lima substituto do Dinho no Capital Inicial 95.?

MBC disse...

André, a Plebe Rude já chegou a se apresentar no estado de Sergipe?

Se, em que ano e em que local?

CÍCERO disse...

ATÉ 2001 ESSE TAL DE MURILO LIMA TOCAVA NUMAS CASAS DE SHOWS PEQUENAS AQUI NO CENTRO DE SÃO PAULO.

CÍCERO disse...

AQUELE DISCO RUA 47 COM ELE NOS VOCAIS FICOU BOM

MBC disse...

Cicero, o que você acha da banda Golpe de Estado?

E você andré o que acha?

CÍCERO disse...

GOLPE DE ESTADO É BACANA(INSTRUMENTALMENTE) AS LETRAS DEIXAM A DESEJAR, O CATALAU ENTRA E SAI DA BANDA DIRETO, ESSES DIAS EU OUVI FALAR QUE A PARADOX ESTAVA PROCESSANDO A BANDA.

André X disse...

CBGB abriu o espaço para os Ramones quando ninguém mais em NY fazia isso. Tudo bem, palmas. Mas ultimamente, para tocar lá, era uma maratona burocrática....

Golpe de Estado. Acho legal a atitude, mas não chega a causar frisson. Mas infinitamente melhor do que muita coisa por aí.

Quer saber do Murilo Lima, entra no site do CapIn e pergunta. Sei lá eu.....

Tocamos em Aracajú com a formação original acho que em 1990. Temos que voltar!

MANU! disse...

ANDRÉ, o Herbet Viana falou mesmo que o Philip é um mauricinho?

Porque ele falou isso, eles tiveram algum conflito? conta aí?

MBC disse...

ANDRÉ, VOCÊ CONHECE O SILVIO DA KARNE KRUA AQUI DE ARACAJU?

SE NÃO EU POSSO FAZER UM CONTATO PARA ELE ORGANIZAR UM EVENTO REUNINDO AS DUAS BANDAS.

QUEM CONHECE A KARNE KRUA?

Anônimo disse...

quanto é o cache da banda?

Dênis disse...

Mas... Será que a galera está preparado para o novo? E, principalmente, para o que tem alguma qualidade?
Vejam só... Sábado último, minha banda (rock, funk 70´s e outras) e mais outra (rock) tocamos num local da Prefeitura de SP, ao ar livre. Porra, fomos apedrejados, literalmente, com minerais sólidos!!!! Alguns pediam reggae, mas a maioria queria funk carioca e pagode!!!! Ou, sei lá, queriam simplesmente trucidar a gente...
Não somos ruins, a coisa é pra TCC de sociologia mesmo...
Logo depois de deixarmos o palco (ainda com os tijolos voando), o ameba (que me desculpe o Jander) do operador de som ainda me bota Tati Quebra-Barraco no play-back...
PQP... Só ficou uma dúvida: onde poderemos tocar agora? Porque... Desanimados com certeza não estamos...

MIZAEL EMAKULADO disse...

iai andré blz!
sei q ñ tem nada a ver com o tópico mas vc conhece o som do 365? o q vc acha?
na minha minha opniao a melhor banda nacional juntamente com a plebe!
abraço!

JetSet disse...

Seria melhor ainda se, após profunda sanitização do local, o sextagenário CBGB & OMFUG (Country, Bluegrass, and Blues and Other Music For Uplifting Gourmandizers) fosse transformado em bingo, para os punks velhos e cascudos do Bowery.

Paulo Henrique disse...

Las Vegas tem bastante luz. Quem sabe lá esse CBGB ñ receba uma.

CÍCERO disse...

DENIS O JANDER FEZ ISSO ????

MIZAEL O 365 VENDEU SUA OBRA POR 2000,00 PARA UMA CARA DA GALERIA DO ROCK(MEU AMIGO)VIRA E MECHE ELE LANÇA COLETÃNEA COM AS MUSICAS DA BANDAS SEMPRE MUDA A ORDEM ...

Black disse...

Soube de uma banda brasileira iniciante(não é o Ratos, que já tocou muito lá) que estava dando um rolé em NY e pediu para tocar no CBGB, a banda é até boa, mas a casa aceitou na hora...ou seja, realmente o esquema recencente era "toca quem quer" o que por um lado dá oportunidades, e por outro permite a entrada de muita merda...

Dunha disse...

O disco novo quando sai!

Dinho disse...

O que é iconoclasta?

MBC disse...

ESSE DINHO AÍ É O DO CAPITAL?

Dinho disse...

é ruim hein?
quem me dera?

Dinho disse...

entrem:
www.edinho.mello.nafoto.net
interessante sobre a historia do punk e do NY dolls,...

Dinho disse...

FELIZA DIA MUNDIAL DO ROCK N ROLL PARA NÓS ROCKEIROS

Daniel disse...

André, já viu esse vídeo? http://showlivre.uol.com.br/videos.php?video_id=23784&conteudo_id=6846&video_aberto=S

O show em q foi gravado o "Enquanto..." foi gravado em vídeo? Existe algum risco de isso ser lançado??

Abraços

Daniel - Plebe na pele

MBC disse...

EU TAVA ATÉ QUERENDO ISSO EM VÍDIO,
E JÁ SEI COMO PEGAR.HEHEHEHEHEHEHEH........................................!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

MBC disse...

Pessoal da Legião olha só!

Música da banda Legião Urbana vai para a telona

Faroeste Caboclo é uma história cantada por Renato Russo

Fãs de todo o Brasil aguardam o lançamento do filme Faroeste Caboclo, inspirado na música do grupo Legião Urbana, que foi anunciado desde outubro de 2005.

O filme será produzido pela Copacabana Filmes e, segundo Bianca De Felippes, produtora, entrou em processo de roteiro.

A película contará a saga de João de Santo Cristo, que viaja para Brasilia em busca de uma nova vida. Fãs da banda esperam a história seja bem fiel à composição de Renato Russo.

F3rnando disse...

Eu conheço o Sylvio do KK. Gente boa demais.

MBC disse...

ENTÃO F3RNANDO, NÃO SERIA UM EVENTO E TANTO KARNE E PLEBE?

André X disse...

Gente, quanta perguntas! Vamos lá:

1. Não conheco Karne Krua, mas gostei do nome.
2. Para shows, não falem comigo, mas com o Ivan, pelo telefone disponível no www.pleberude.com.br.
3. 365 é excelente!
4. O Hebert já xingou a gente de tanta coisa e vice-versa. Mas coisa de amigo, nunca na maldade.
5. Faroeste Caboclo? zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz.. uh?

Guslimm disse...

Quanta burrice, cara. Las Vegas lugar cafona? A musica dos anos 70 sao coisas do passado? Que merda de texto. Nao virá outros dogmas filho.