terça-feira, junho 06, 2006

Homenagem ao Nettinho.


Não conhecia pessoalmente o guitarrista dos Detonautas. Uma vez esbarramos com eles no backstage da gravação da homenagem ao Renato Russo. Me chamou a atenção a alegria da banda de estar lá prestando as devidas honras. O baixista até me deu uma palheta personalizada que usei no show do Girrafest (é muito boa!). Segunda, quando li a notícia de sua morte, assassinado numa tentativa de assalto, uma tristeza muito grande se apoderou de mim. Imediatamente a letra da Legião soa na minha cabeça: “porque que os jovens sempre sofrem” (ou algo nessa linha, não me lembro bem da letra, mas sim do tom de tristeza e do significado). Quantos morrem assim, que não são celebridades e, por isso mesmo, ficam no anonimato? Voltando ao caso específico do Nettinho, o cara estava fazendo o que gostava, não incomodava ninguém – vítima de um incidente estúpido.

Poderia falar sobre como a bolsa-família, principal arma eleitoreira do PT, estimula as pessoas a não fazerem nada. Como o assistencialismo, do qual o Brasil é vítima durante décadas, é apontado como o maior causador do abismo social. Poderia apontar dedos e escolher culpados diretos e indiretos, mas não vou fazer nada disso. Essa é uma homenagem a uma pessoa que não conhecia, mas poderia conhecer. A alguém que vivia de música, que trazia um pouco de alegria àqueles que gostavam de seu som. Repouse em paz. Amém.

9 comentários:

CÍCERO disse...

É O TIPO DE COISA QUE A GENTE ACHA QUE NUNCA VAI ACONTECER COM A GENTE MAIS TODO MUNDO TÁ CORRENDO RISCO,IGUAL O BATERISTA DO RAPPA ATÉ HOJE VÍTIMA DA FALTA DE SEGURANÇA E DESIGUALDADE SOCIAL, ENQUANTO NEGUINHO TIVER 30 CONTO PARA COMER NESSE BOLSA FOME O GOVERNO VAI SE REELEGER E A SEGURANÇA VAI CONTINUAU ESSA MERDA.

CÍCERO disse...

DANIEL LÁ NO OUTRO POST, MANDOU BEM TODO PLEBEU É UM ZÉ NINGUÉM MESMO

Fábio disse...

Foi uma tragédia mesmo.

A TV não mostrou, mas na hora do sepultamento o vocalista (Tico Santa cruz) falou de corrupção e hipocrisia do governo e disse esperar que também hajam perdas desse lado (do governo). Certíssimo.

Revoltante.

André X disse...

Tomara que haja muitas perdas mesmo: perda de mandato, perda de vergonha, perda de cara-de-pau, perda nas eleições, perda de voto.

Mas é esperar muito.

Anônimo disse...

aqui nessa droga desse país acontecem q quem tá solto fica preso entre muros e grades e os bandidos sejam os engravatados , uniformizados e os à paisana tão ai impunes ......PENA DE MORTE JÀ !!! PCC , CV E TC sopa de letrinhas q traz medo ....

andré nascimento disse...

desculpem mas o anonimo fui eu q fiz uma coisa e esqueci de colocar meu nome

F3rnando disse...

O mais triste é que a gente, pra não pirar, cria uma tolerãncia, uma fantasia que essa guerra urbana é coisa de hollywood. Aí só se dá conta do descontrole da coisa quando nossas vidas são equiparadas a um par de tênis, um carro ou r$10 que a gente tem na hora na carteira.

gabriel disse...

as vezes eu me pergunto,sera que o sistema tem jeito?
o que aconteceu com o povo que parece viver alienado a isso tudo?
o rio de janeiro é um verdadeiro buraco cercado de favelas(literalmente) eu sinceramente nao tenho nenhuma vontade de morar aqui,por mim,na primeira
oportunidade que eu tiver eu saio.
Hoje eu saio de casa e nao sei se volto tranquilo,como um amigo meu disse,hoje em dia vc ser assaltado no rio nao é novidade nenhuma,agora,o que esta ficando corriqueiro é ser baleado,e depois?,vamos morar em abrigos contra a guerra?

denise disse...

eu também fiquei muuuito trite, mesmo sem ser fã da banda. Parece q se esses caras (babdidos) quiserem pegar a gente, não tem nada q possamos fazer, somos impotentes, e o clichê é inevitável: "os assassinos estão livres, nós não estamos".Pior q um moleque de 16 anos'parece q está envolvido no crime...