terça-feira, outubro 25, 2005

Jimmy Page na Chapada Diamantina


Jimmy Page, guitarrista do Led Zeppelin, passa grandes temporadas em Lençóis, na Bahia, ao lado de sua namorada Argentina. Isso é um fato, comprovada pela foto, acima, que compara como era, à esquerda, e como está, à direita, ao lado de uma casa típica da região. Como podem ver, está praticamente irreconhecível, inchado e com os cabelos aparados. Turistas e locais passam por ele todos os dias sem saber que estão ao lado do lendário guitarrista. A história, abaixo, comprova isso.

A Chapada da Diamantina, onde está localizada Lençóis, atrai centenas de eco-turistas, que são ligados à natureza, cachoeiras e gritar “u-hú” para demonstrar que estão contentes. Após um dia inteiro fazendo caminhadas, trilhas, nadando em rios, torrando o cérebro no sol, fumando maconha e relaxando em cachoeiras da região, gostam de sentar em torno de uma fogueira para confraternizar. Nesse momento, fumam mais maconha, planejam a trilha do dia seguinte e tocam violão. Jimmy Page costumava freqüentar essa rodinha.

No começo, todos achavam bacana o inglês e seu violão. Apesar de não entender uma palavra de português, o guitarrista conseguia se comunicar por meio da música. Todos admiravam sua técnica de levar um blues no violão. Lá pelas altas horas da madrugada, um hippy novo demanda:

- Toca Raul!

Todos os outros gritam “u-hú”, apoiando a idéia. Jimmy Page não tem a mínima idéia do que estão pedindo e emenda um Stairway to Heaven. O povo protesta:

- Porra, inglês, toca um Raul!

Mais “u-hús”, dessa vez mais enérgicos, soam pela noite. Page, entendendo que não queriam uma balada, começa com Whole Lotta Love. Vaias e mais pedidos de “toca Raul” ecoam. Suando frio, não acostumado a ser vaiado, Jimmy começa a tocar Black Dog. Os eco-maconheiros ficam putos. Interrompem o ex-Zeppelin, e insistem:

- Toca Raul!

Como o inglês nada fez, tentam tirar o violão de seus braços para dar para outro tocar. Jimmy Page reage, começa uma confusão que termina com o violão no fogo e o guitarrista correndo assustado para casa. Um cabeludo ainda comenta com o outro:

- Que mane! Não conhecia Raul e nem Led Zeppelin tocava direito.

Depois dessa noite, Jimmy Page não freqüenta mais as rodinhas noturnas de Lençóis.

17 comentários:

CÍCERO disse...

PARECE A EMI PROPONDO TOCA RAUL PLEBE RUDE!!!

Thiago Mario disse...

cara ele tá outra pessoa!
Muito loca a história hein!
AbraçO!

Anônimo disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA Ele teve sorte em não ter virado churrasquinho.

Alex disse...

Puts essa história é real mesmo??

huahaahuahauha

Daniel disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
André... vc tocaria Raul?

Daniel - Plebe na pele

André X disse...

Daniel, depende da situação. Eu adoro o desafio de pegar uma música e transformá-la em outra coisa. Os melhores covers são aqueles que não tem nada a ver com a música original. Não aprecio muito Raul Seixas, muito menos Paulo Coelho, mas aceitaria o desafio. No caso de ser uma roda de fogueira, preferia gritar "hippy hippy surra" e partir para a porrada.

Anônimo disse...

O problema desses eco-hippies velhos de pé sujo, que tambem são consumistas e só querem levar vantagem, é que esses não são hippies porra nenhuma.

Acontece que, quando o cara é pobre, esse é comunista, é hippie, é punk... Porém, na hora que tem a oportunidade de ganhar grana, esses se tornam os piores dos capitalistas, se tornam seres mesquinhos e arrogantes.

Deste modo, através da lei de Gerson, eles só gostam de "musica conhecida". Escutam as mesmas coisas há decadas. Ao contrario dos verdadeiros hippies dos anos 60, esses daí são incapazes de aceitar algo novo.

Na verdade são umas antas descerebradas que querem aparecer, pois apenas imitam o comportamento dos outros, seguindo assim uma "moda" que já passou há quase 40 anos.

Da mesma forma que o Jimmy Page não conhece o Raul Seixas, esses hippies nunca ouviram falar em Allen Ginsberg, Thimothy Leary, Grateful Dead e outros nomes que foram a base do verdadeiro movimento hippie.

A diferença é que O Jimmy Page, talvez, estaria aberto a ouvir coisas novas. Poderia traduzir as letras e até gostar do Raul Seixas (na parte tecnica e musical, eu duvido).

Já esses eco-hippies, que são uma vergonha para os ambientalistas, esses estão calcificados no passado da "musica conhecida".

Isso acontece muito. As pessoas caretas e conservadoras tem resistencia as mudanças e novidades. Descobrem alguma coisa na adolecencia e então passam o resto da vida ouvindo aquilo. Essa geração dos anos 80 tem muito disso.

Até a Plebe é vitima desse negocio. A Plebe poderia estar fazendo trabalho novo, criando novidades... Mas o publico bundão só quer ouvir os velhos sucessos. Assim, para poder se adaptar as exigencias do mercado, para ganhar uma grana pois tambem são filhos de deus, são forçados a repetir, como maquinas, as velhas canções (coisa que nem a propria banda aguenta mais).

Se o publico (mercado) exigisse novidades, então eu acho que o potencial da Plebe seria bem melhor aproveitado.

Anônimo disse...

qm tem a honra de conhece page jae muito!! ainda escuta eli toca doidao numa rodinha do seu lado puta q pario... c for msm verdad essi absurdo... agent ve como tem fdp no mundo de pidi p um mago da guitarra toka raul .... bando de fdps

Anônimo disse...

PORRA DE PAGE, RAUL E PAULO COELHO! O NEGOCIO E MACOMPANHIA! QUE TEM ATE MORCEGO, RATO E OUTROS BICHOS GRILO! MUSICA NAO ESCOLHE RAÇA, RELIGIAO, IDADE NEM POSIÇAO SOCIAL! MUSICA E PARA TODOS! caralhos que te mordam!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

vcs ñ tao entendendo porra, ele é jimmi page e pronto, seus mane, the best, cambada de roceiro metidos a caipira, qual que é.

Anônimo disse...

quanta besteira esses comentarios... a historia eh engraçada mas se fosse real esses mlk divia apanha!! mais mta gente q ouve raul ouve led!!! mesmo havendo uma enorme diferença musicalmente...nem se compara eh claro

Anônimo disse...

Olha...sem comentários, viu? A ignorância é uma M mesmo...PQP! Ô povinho...

João Carlos disse...

Jimmy Page antes de mais nada admira nosso país e gosta daqui.,
É nossa obrigação respeita-lo por tudo que representa pra moçada que gosta de Rock and Roll.

ABRAÇO

thiago disse...

QUE MERDA, VOCÊS AINDA ACREDITAM NESSA PORRA TODA??? PQP SÃO MUITO IGNORANTES MESMO!!! VTNC

João vítor disse...

"- Que mane! Não conhecia Raul e nem Led Zeppelin tocava direito."

Porra, deixa o cara tocar Led queito.

João Carlos disse...

por pouco Jimmy não entra numa roubada

Luis Freitas disse...

Page não está inchado e diferente. Ele apena está mais velho como qualquer um de nós.