quarta-feira, dezembro 16, 2009

Saudações de San Diego


Estou em San Diego, a trabalho. Um fuso horário de 6 horas a menos do que o Brasil está me deixando louco! E pior é que quando acostumar, já estarei voltando. Tijuana, o paraíso dos adolescentes americanos é aqui do lado, atravesando a fronteira para o México. Lá é possível a molecada reprimida beber até cair sem medo da lei. Tem uns show legais lá, inclusive foi cenário de um show clássico dos Cramps.

Tentando não dormir às 16 horas (22 no meu relógio biológico) fui ver Ninja Assassino. A idéia era boa demais para ser verdade: um filme sobre ninjas com toda tecnologia que o cinema moderno pode nos oferecer. Pena que o roteiro é uma merda. Não foi dessa vez que Hollywood nos entregou um bom filme de ninjas. As lutas até que são legais, mas a história é óbvia demais, muita ponta solta, muito clichê.

Não entendo pq Hollywood não pára de usar esse roteristas manjados e contrata sangue novo, do underground, de preferência de fora do cinema, pessoas vindas dos quadrinhos.

Hasta la vista!

5 comentários:

milton disse...

André,

Bom saber que está nas terras do Zorro. Quer uma sugestão? Suba a 101, passando por Del Mar, Cardiff, até Encinitas. Vale a pena conhecer o berço da "surf culture" da California, dos Beach Boys e Annette Funicello.

Carlos disse...

André volto a frizar
Porque não dão o espaço devido ao Tarantino?
esse sim é foda...foge dos padrões e recussita atores

André X disse...

Concordo. O cara é bom, mas até ele vai virar uma auto-paródia se não se reinventar nos próximos filmes.

E descordo, acho que Hollywood dá muito espaço para ele. Acho que esse filme de ninjas, sob a tutela do Tarantino teria sido infinitamente melhor.

CA®I0CA disse...

André vocês Até quando esperar para a Globo colocar na novela das 8????????? Isso é mal ....

Caixa disse...

Mudar não é fácil, ainda mais em um lugar, digamos, consagrado como Hollywood. Quebrar paradigmas não é fácil.
Mesmo mostrando que o novo faz bem - como no caso da roteirista de Juno - os velhotes de HW preferem a segurança do mais do mesmo.