segunda-feira, setembro 21, 2009

Porão do Rock é de Brasília!


Ontem o Porão do Rock, edição 2009, perimitiu que Brasília voltasse a se orgulhar com seu legado rock n roll. Tirando o Capital Inicial, todas as bandas que já foram bandas importantes para a história do rock candango subiram ao palco. E quando digo todas, não podia ficar de fora a maior de todas, Legião Urbana, com Dado e Bonfá fazendo bonito, apoiados por músicos convidados (Philippe tocou Geração Coca-Cola).

Tivemos Little Quail, Mascavo Roots (com a formação original), Escola de Escândalo (tem gente que sempre erra e escreve/fala no plural, é Escândalo, não Escândalos!), Detrito Federal e, claro, Plebe Rude. Conseguimos até arrancar um elogio do Jamari França! Faltaram Low Dream e Oz, mas não se pode tudo, né?

Fico satisfeito com Brasília mostrando sua face rock mais uma vez. Fico feliz em ver o Porão cada vez mais profissional e sintonizado com a cidade. Parabéns a todos!

O Correio Brasiliense fez uma matéria especial muito legal, rolando até um enquete sobre o melhor do rock BSB. A Plebe fez bonito, ficando em segundo lugar nos LPs, na música e o Txotxa e eu escalados com a banda dos sonhos. Leiam aqui.

9 comentários:

Markão disse...

Pô meu velho Andre, primeiro parabens por ter sido escolhido na banda dos sonhos. Agora fiquei chateado pra kralho de num poder ir ao evento. Num deu pra pegar a ponte Ribeirão/BSB novamente este fim de semana. Mas fica prum proximo, se DEUS me amar muito e permitir que aconteça um novo encontro de tudo de melhor que tivemos do bom e velho Rock Brasilia.

Anônimo disse...

Estou maravilhado, gravação do DVD numa semana, na outra, porão com direito a aquilo tudo. Chega o coração acelera. Pena que você não pode segurar o baixo André, mas a Plebe fez bonito.

(Paulo Jorge - DF)

Anônimo disse...

Lembrem-se que a idolatria pela Legião não é unânime. Eu por exemplo, não suporto as músicas da banda...embora tenha consciência de que o RR fez a diferença.

Rodrigo disse...

Faltou o Mel da Terra.

Paulo Marchetti disse...

Desde hoje já faço uma campanha para que no Porão de 2010 tenha em seu palco principal Elite Sofisticada, Diamente Cor-de-Rosa e Filhos de Mengele.
Passei mal por não estar em BsB neste finde de Porão. Fiquei trabalhando e não tirei o festival da cabeça um segundo sequer. Vi uma foto de Geruza tocando e me arrepiei.
No aguardo do DVD da Plebe!

João disse...

Geruza tocou bem pra caramba, não no mesmo estilo à Gang of Four dos anos 80, mas o baixo parecia um trovão, mais alto que a guitarra, que o cara-substituto até se esforçou, mas coitado, se fazer as linhas do Fejão já era difícil, ter que ainda cantar junto ficou impossível pra ele. Mas só escutar aqueles oh-oh-oh-oh do início de Popularidade foi arrepiante. O Escola foi a melhor banda brasiliense de todos os tempos, melhor que Legião, melhor que Plebe. O show da Plebe cheguei no final de novo, adiantaram o horários, não tem como comentar. Paralamas fez bom show. Legião cover é covardia, não precisa nem de vocalista, os histéricos e histéricas da platéia cantam as letras em alto e bom som.

João disse...

Eu me isolei
eu virei uma ilha
os amigos que eu tinha eu não pude segurar
sempre me julguei uma rocha inabalável,
mas agora estou cada vez mais vulnerável
popularidade era embriagante
mas a ressaca não falha em chegar
pior do que o desprezo só mesmo o silêncio
a indiferença é a pior humilhação

pessoas são volúveis amizades são solúveis
um dia eles ti amam e no outro ti odeiam
odeiam odeiam odeiam odeiam

quando você chega e ninguém vem conversar
e o telefone ele pára de tocar
quando você começa a sair sozinho
passa a noite inteira sem uma companhia
então você sabe que saiu de moda
não tem mais amigos
está fora da roda
você vai ver como é ruim a solidão
e vive sem receber atenção.

Felipe Lopes disse...

Só faltou o Finis nessa brincadeira hein?

Blogger disse...

Do you drink Pepsi or Coke?
PARTICIPATE IN THE POLL and you could win a prepaid VISA gift card!